Google+ Followers

sábado, 23 de maio de 2009

Dois pães, dois métodos.

"Debulhar o trigo
Recolher cada bago do trigo
Forjar no trigo o milagre do pão
E se fartar de pão"
(O cio da terra/Milton Nascimento e Chico Buarque)

Na semana passada estive com comichão para fazer pão. Doida para comer um pãozinho caseiro, ainda quente e exalando o cheirinho característico, vali-me da boa e velha receita de 'pão de leite condensado'. É um pão que fica apenas adocicado, apesar da presença desse leite doce na receita. Essa massa, por isso mesmo, serve para fazer 'pão de sal' ou 'de doce', dependendo do recheio. Mas, por tratar-se de um pão clássico, o seu preparo exige tempo. Faça-o naqueles dias em que passará algumas horas em casa. Misture os ingredientes da massa e deixe-a levedando, enquanto faz outra coisa. Depois modele o pão e dê a ele um novo intervalo para o crescimento. Finalmente veja-o acabar de crescer no forno e desfrute do aroma do pão que assa, que é um dos melhores que existem no mundo. Finalmente, saboreie o seu pão, sentindo o prazer extra, de saber que foi você que o fez.




Pão de leite condensado

(use a lata do leite condensado como medida)

Ingredientes:

1/2 lata de leite condensado
½ lata de água morna (quase fria)
½ xícara de óleo culinário (120 ml)
2 ovos médios
1 envelope de fermento seco para pão (10g)
500g de farinha de trigo (mais ou menos)
Para pincelar o pão:
(misture numa tigelinha)
1 gema, gotas de óleo de cozinha, café preparado ou Shoyu
Preparo
Junte todos os ingredientes, exceto a farinha, e bata tudo no liquidificador. Ponha a farinha numa bacia ou tigela (inicialmente cerca de 400g), despeje sobre ela a mistura do copo do liquidificador e mexa com uma colher (de preferência de pau) até incorporar tudo. Acrescente o restante da farinha, misturando com as mãos (se necessário, junte mais farinha, mas, cuidado, só o suficiente para a massa desgrudar das mãos). Sove a massa numa superfície muito levemente enfarinhada e deixe-a descansar por uma hora, ou até que dobre de volume. Para isso, ponha a bacia (com a massa) dentro de um saco plástico grande, bem fechado. Faça o pão, ponha-o numa forma untada com manteiga e polvilhada com farinha; pincele-o com a mistura de gema, e deixe que o pão descanse mais uma hora. Leve-o ao forno a 200ºC, preaquecido, por cerca de 35/40 min.

O outro pão (Pão bolo):

Quando o pão acima estava quase acabando, tomei conhecimento desse pão, inventado pela Iara Francis, que dispensa a trabalheira e os melindres próprios da confecção de pães. Ela o chamou de 'Pão bolo'. Eu o chamo de "Pão fácil e bom da Iara". Se você acha que fazer um pão fofo, leve e gostoso é muito difícil ou mesmo impossível, tente esse. Você, com certeza, vai se surpreender!

Pão bolo


Pão bolo

Ingredientes:

5 gramas ou 1/2 pacote de fermento biológico seco (fermix)
1 ovo
250 ml de leite morno (é morno, isso significa quase frio!)
1/2 xícara (chá) de óleo (120 ml)
4 colheres (sopa) de açúcar (reduzi para duas, pois queria fazer pão "de sal")
1 colher (café) de sal
3 xícaras (chá) de farinha de trigo

Bater no liquidificador o ovo, o leite, o óleo, o sal, o açúcar e o fermento. Colocar a farinha de trigo em um recipiente e adicionar a mistura que foi batida, misturando bem. Fica uma massa um pouco pesada. Colocar em assadeira untada com margarina e polvilhada com farinha de trigo. Espalhar com uma colher. Deixar dobrar de volume e levar para assar em forno médio, até ficar dourado.

Notas: Nunca use leite ou qualquer líquido quente para fazer pães. Isso mataria os microorganismos responsáveis pela fermentação da massa, o que resultaria num pão pesado e de sabor desagradável. Quando se diz "morno" a temperatura dos líquídos deve ser de 35/36ºC.

Nos dois pães, usei um recheio composto de mortadela, salaminho, pimentão e orégano, mas como pus muito pouco (um pouquinho no primeiro e cerca de um terço de xícara dos frios, uma colher de chá do pimentão e uma pitada de óregano, no segundo), o recheio não enriqueceu suficientemente o sabor (para o meu gosto).

No primeiro pão, abri a massa, espalhei o recheio e a enrolei, como rocambole. No segundo, fiz dois discos de massa e sobre o primeiro (já posto no fundo de uma forma redonda de 35 cm de diâmetros), espalhei o recheio. Depois cobri o primeiro disco com segundo, e "colei" os dois, comprimindo-lhes as bordas. Finalmente pincelei o topo do pão com a mistura de gema, descrita acima. Mas você, em vez disso, pode polvilhar o seu pão com um pouco de queijo parmesão e orégano.

Finalmente: Como os dois pães são feitos com farinha de trigo comum e estou numa fase de tentar preparar as minhas receitas de forma mais saudável, pretendo experimentar essas receitas substituindo parte dessa farinha pela integral.

13 comentários:

Mary disse...

Marly, gostei dos dois!
De leite condensado sei que é bom, os pães de leite (alguns) são feitos assim e ficam uma delícia!
É um pão para fazer no fim-de-semana, quando existe algum tempo disponível para confeccionar com calma e deixar levedar algumas horas.
O pão-bolo (nome original!lol),com enchidos e ervas aromáticas, dá um belíssimo lanche! Adorei!
Tão prendada que você é, minha amiga!
Hehehe:)

Susi R disse...

Oi Marly,
É um gosto visitar o teu blog, esta tua receitinha é deveras tentadora.
Beijinhos
Susana

margaret disse...

Marly gostaria de te pedir que postasse a receita do bolo de aniversário de margaret e marussia, tenho certeza que fará muito sucesso tanto pelo visual como pelo visual do mesmo parabéns mais uma vez aguardo sua postagem beijos.

margaret disse...

Marly o que quiz te falar é que o visual, o recheio a cobertura tudo ficou simplesmente maravilhoso.

Marly disse...

Mary,
Obrigada pelos elogios, querida. Tente fazer o pão/bolo, essa receita é realmente surpreendente e, com tua inventividade, estou certa de que és bem capaz de torná-la ainda melhor!

Susi,
Obrigada também! Tua visita é sempre um prazer!

"Margô",
Pode aguardar que, em breve, o teu bolo aparecerá nessas páginas!

Desejo que todas tenham uma ótima semana!

ameixa seca disse...

Adoro pães e se levarem o que chamamos de carnes frias, ficam ainda melhor :) Aqui chamamos estes pães de bôla ;)

Marly disse...

Ameixinha,
Pois é, eu não conhecia esse pão bôla. Depois vou fazer uma dessas receitas portuguesas. Esse que eu fiz fica com o sabor muito parecido com o do pão comum.
Beijinho!

Cleide Celeste disse...

Marly,

No domingo, ás dezesseis horas faremos fatias hungaras, e vou aproveitar o forno quente para experimentar a receita dos pães.
Apareça.

Novelo da Mitinha disse...

Oi,Mary!!!
Acho que hoje na janta vou fazer esta tentacao.
Beijocas da Norma e Mizinha.

Iara Francis disse...

Oi, hoje que vi a postagem do pão bolo! Obrigada por ter colocado todos os créditos e parabéns pelo seu blog, é muito gostoso!

Beijos*

Marly disse...

Olá, Iara,
É bom ver você por aqui! Pois é, o seu pão fez sucesso!
Obrigada pela receita e visita, hem!

SANDRINHA disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
SANDRINHA disse...

Olá! Sou péssima em matéria de pães, mas vou tentar este de leite condensado, pois parece fácil...rsrsrs Adoro seu blog. Parabéns e muito obrigada por dividir conosco estas maravilhosas receitas. bjs

Pin It button on image hover