Google+ Followers

quinta-feira, 30 de junho de 2011

Coxas Creme


Confesso que eu ponderei a questão de publicar ou não este post. E isto porque recebi e-mail me dizendo que as últimas receitas que postei são de pratos muito triviais, e isto não condiz com a natureza deste blog (oi?). Mas isto evidencia o quanto é difícil agradar a 'gregos' e 'troianos', pois já houve quem comentasse (com um tantinho de sarcasmo) que só publico receitas excepcionais, próprias para eventos e celebrações  mas não para o dia-a-dia. Acho interessante isto, pois eu nunca estranho o que os outros blogs publicam, rsrs. De qualquer modo, decidi por publicar esta receita, com suas fotos sofríveis, como se pode ver, rsrs.

Coxas Creme são coxas de frango empanadas. Porém, não somente empanadas, mas previamente cozidas e envolvidas num creme feito com farinha de trigo e o caldo em que elas cozinharam. Este salgado é um dos preferidos, entre os que são vendidos na centenária Confeitaria Colombo,  rede de lojas que vende  refeições e produtos de confeitaria. A Colombo se tornou patrimônio artístico e cultural da cidade do Rio de Janeiro, por causa da longevidade, personalidades ilustres que a frequentaram, ao longo dos anos, e um certo glamour, resultante do toque Art Noveau da sua arquitetura e design interior. Esta receita que estou postando não é a da confeitaria, mas uma invenção minha, inspirada na que é feita lá. Eu dei uma pesquisada na Internet e encontrei alguns sites confiáveis que publicaram receitas que dizem ser a original. Eu inventei a minha própria, para adaptá-la às minhas circunstância, já que, para início de conversa, eu não queria usar propriamente coxas do frango, mas as coxinhas da asa, rsrs.


Coxas Creme à Minha Moda
xícara = 240 ml (xícara de chá padrão)

Ingredientes

12 coxinhas da asa temperadas a gosto (usei sal, alho, louro, tomilho, sálvia e sumo de limão)
4 colheres (sopa) de óleo de cozinha
1 cebola picada
Água suficiente para cozinhar as coxinhas e render 2 xícaras de líquido
½ litro de óleo de cozinha para fritar as coxas, já moldadas com a camada de creme

Creme

2 xícaras da água em que cozinhou as coxinhas
3/4 xícara de farinha de trigo
1 colher (sopa) de amido de milho
1 e ½ colheres (sopa) de manteiga
2 gemas

Para Empanar

1 e ½ xícara de farinha de rosca
2 claras
1/2 colher (chá) de água

Preparo

Tempere as coxinhas com os temperos escolhidos e deixe que fiquem na marinada por pelo menos 1 hora. Desprenda a pele das coxinhas da ponta do osso, empurrando-a delicadamente para cima,  para que o visual final não fique comprometido. Numa panela de pressão, refogue as coxinhas nas quatro colheres de  óleo quente, escorra o excesso de óleo e junte a cebola picada. Deixe que a cebola doure um pouco e então cubra as coxinhas com água e os temperos da marinada. Se necessário, adicione um pouco de sal ou tempero pronto à água, pois ela será depois usada para fazer o creme (o tempero pode ser caldo industrializado de frango, mas não exagere, rsrs). Deixe que as coxinhas cozinhem por 13 minutos, contados a partir da fervura da água (que é quando se deve fechar a panela). Depois deste tempo, solte o ar da panela, recolha as coxinhas e peneire o caldo. Numa outra panela ponha a farinha de trigo, o amido, a manteiga, as gemas e duas xícaras do caldo em que as coxinhas cozinharam. Misture tudo muito bem e leve a panela ao fogo, mexendo sempre, até que cozinhe e engrosse. Ponha o creme de lado para que amorne. Enquanto isso, coloque as duas claras numa tigela e a farinha de rosca numa travessa de tamanho médio. Adicione ½ colher de chá de água às claras e bata-as ligeiramente (só para que misturem). Quando o creme estiver quase frio, unte as mãos com um pouco de óleo de cozinha e abra, na palma da mão, um pouco do creme. Envolva uma coxinha no creme, moldando para que se assemelhe a uma coxa de frango. Mergulhe a coxinha já moldada na clara de ovo e depois role-a na farinha de rosca. Frite no óleo quente, tendo o cuidado de ir controlando a chama do fogão para que que não queime. Ponha a coxinha frita numa vasilha forrada com papel absorvente. Repita o mesmo procedimento com todas as coxinhas.

...........................................................................................................................

Livros e Mais Livros!

Há poucos dias eu ganhei vários livros de culinária, que maridão arrematou num bazar promovido por uma moradora daqui do bairro, que voltou para os 'States'. Eles não estão 'estalando' de novos, mas conservados (uns mais que outros, a bem da verdade, pois a antiga dona os usou de verdade, rsrs.) e foram comprados por uma pechinha. Eu gostei de todos, especialmente das duas coletâneas de receitas da recentemente falecida revista "Gourmet", talvez por conta do saudosismo, rsrs. Entre os livros veio uma revista chamada 'Entertaining', cheia de receitas e dicas, da jovem Martha Stewart. Eis aí as fotos de algumas das obras:




................................................................................................................................

Desafio Culinário 

Fui convidada a responder a estas perguntas pela amiga ‘Rachelita’, então, lá vai:

1°) Como iniciou sua paixão pela culinária?

Em minha casa, já na infância, pois ambos os meus pais sempre tiveram interesse no assunto. O meu pai, já falecido, era um ótimo cozinheiro. E a minha mãe não fica atrás. De vez em quando ela realiza grandes reuniões de família, em que cozinha e serve pratos que todos apreciamos.

2°) Qual a receita que você nunca fez e que jamais faria?

Acho que aquelas que têm ingredientes exóticos demais, ‘nojentos’, rsrs, ou animais impróprios, como cães e cobras, rsrs.

3º) Ingrediente que você não consegue achar?

Estava tendo dificuldades de achar sementes de Papoula, por causa da proibição boba que este produto sofreu. Mas aí ganhei um frasquinho deste produto importado, e não sei se continua sendo difícil encontrá-lo nos mercados.

4º) Qual a receita que só dá errada?

Não ocorre comigo este negócio de só dar errada, rsrs. Eventualmente uma receita não dá certo, mas eu procuro ver se cometi alguma falha ou o que pode ter havido. Acontece também de alguma receita estar errada, ou os ingredientes não ‘ajudarem’, como ocorre quando a gente substitui ingredientes estrangeiros, rsrs.

5º) Uma receita que tenha vontade de fazer, mas nunca fez, e por que de não fazer e postar no seu blog?

Nunca fiz a massa Filo, por exemplo, e até disse isso recentemente a uma amiga blogueira. Claro que existem outras receitas que também nunca fiz, mas pretendo fazê-las, oportunamente.

6°) Fazer uma postagem no blog e passar para algumas blogueiras.

Bem, a postagem está ai, mas prefiro passar o Desafio a todas (os) que se interessarem em respondê-lo.

34 comentários:

Andreia Braga disse...

Marly, seu blog é maravilhoso e adoro tudo que vc posta aqui, desde os triviais ate os mais sofisticado viu, nao mude nao e essa sua receita de coxa creme é um espetáculo.

Bjs

Andreia Braga

tatiane disse...

Ai, Marly, cada uma que aparece. Se é difícil agradar gregos e troianos, eu acho que não importa o que se faça, sempre vai aparecer algum descontente pra reclamar. O jeito é fazer o blog do seu gosto, porque ele é ótimo assim!
Adoro coxa creme, e fiquei encantada com a idéia de prepará-la com as coxinhas!
E esse livro de crème brûlée parece ótimo, não?
beijos

Fabiana disse...

Marly, sério que vc recebe e-mails assim? Nossa, tem gente sem noção mesmo viu, rsrs.
Mas não deixe de publicar nadinha, suas receitas são lindas e saborosas.
Bjs

Sil disse...

Marly, realmente esse prato está sofrível.... mas pra nós que estamos aqui só vendo!! rsrs
Adoro seu blog e suas receitas! Não dê tanta importância á essas críticas, e sim as transforme em construtivas!!
Um beijão,
Silvia
http://athenaartes.blogspot.com/

Josy disse...

Marly querida creio que devemos aceitar críticas sim, afinal estamos sujeitas a tudo já que um blog é aberto à todos, mas daí a querer mudar o jeito de ser da dona do blog, aí é querer demais não? Suas receitas são ótimas, pois vc sabe fazer do trivial ao sofisticado,não é por acaso que vc tem tantos leitores fiéis.Eu não mudaria nada.Essas coxinhas ficaram show, sempre tive curiosidade em saber como eram feitas as coxas creme. Adorei a receita. Vou levar...bjos amiga

Josy disse...

Nossa fiquei tão indignada com essa história, que esqueci de dizer que adorei o desafio, é sempre bom saber um pouco mais das nossas amigas... Os livros lindos, seu marido tem bom gosto...bjocas

Daniel Deywes disse...

MInha avó fazia uma receita semelhante, sempre aos domingos com todos os filhos e netos ... Era uma briga entre os netos para ver quem comia mais ... Adivinha quem ganhava???


Sua receita já está anotada ....


abraço
Daniel Deywes
http://feitonahora.blogspot.com

Sylvia disse...

Nem esquenta ,nunca vamos a gradar a todos.Seu blog é ótimo.Ninguem cozinha todos os dias coisas fantásticas ou triviais. Sempre é um pouco de cada Quando eu era pequena, em Sao Paulo(mas Perdizes) tinha uma pizzaria Mario, que fazia as melhores coxinhas e quibes que já comi. As coxinhas eram assim, inteiras com um creme. Com uma dessas já era uma refeição. Assim vou guardar sua receita como um tesouro,
Beijos

Heloísa disse...

Marly,
Essa coxinha é deliciosa. Nunca fiz, mas quando encontro uma assim como as suas fico bem tentada a experimentar.
Beijo.

Odile disse...

Marly a mi tu blog me encanta, pero comprendo que es difícil complacer a todos. Pero tus fotos son siempre maravillosas. Feliz fin de semana!

Maísa disse...

Marly, pode mandar também o trivial que eu adoooooro!hahhaha
E olha adorei essas coxas creme quero fazer, preciso experimentar...adorei!beijkas

angela disse...

Se não fossem as pessoas que explicassem o trivial eu estaria ferrada pois nem comer salsicha em lata posso! Foi lendo os triviais que aprendi até a fazer arroz!

Deborah - Delicias1001 disse...

Marly, não é facil agradar a todos os gostos. Fique ranquila quanto a isso. Faça sua parte e durma em paz.
E, quanto a essas coxas, que delícia devem ter ficado.
Amei
Bj

Érica R. Baldon Pinto disse...

Marly, realmente é difícil agradar a todos, mas seu blog é ótimo, receitas excelentes.
E a coxa creme, amo, faz um bom tempo que não preparo.
bjs

Sonia disse...

Marly, esta receita é deliciosa, e ficou linda.
As criticas são reflexo do sucesso, muitas pessoas vindo ao blog e com opiniões diferentes. Aceito as construtivas e releve as ofensivas.
Acredito que você tem muito mais admiradores do que críticos, pois seu blog é muito bom.
Gostei de saber mais sobre você através do desfio.
Beijos e ótimo final de semana

"Manjares da Manu" disse...

Adorei as respostas!!!
Eu vejo sempre estas coxas na tv mas nunca fiz!!!
Adorei!!!

Bjs...Bom final de semana!!!

Andréa disse...

MARLY QUERIDA!
AMO SUAS RECEITAS E SEU CAPRICHO, PRATOS TRIVIAIS SÃO MARAVILHOSOS AOS QUAIS PRECISAMOS DELES DIARIAMENTE , PELOS MENOS AQUI EM CASA O MEU ESPOSO NÃO FICA SEM UMA BOA COMIDINHA CASEIRA. AQUELE QUIABO QUE VOCÊ FEZ ME DEU ÁGUA NA BOCA EU MESMA NÃO SEI FAZER DAQUELE JEITO.
MAS ESSAS COXAS ESTÁ UMA PERDIÇÃO , TUDINHO DE BOM , HUMMMMMM!

TENHA UM ÓTIMO FIM DE SEMANA!
BJS,
ANDRÉA

Andréa disse...

MARLY MINHA QUERIDA,AMEI AS RESPOSTAS DO DESAFIO,VOCÊ É 1000!
BJS......

Renata disse...

No meio da vida louca que ando levando não pude deixar de vir aqui espiar o que anda acontecendo nessa cozinha que eu amo tanto...maravilhas, como sempre!

Receba um abraço apertado dessa sua amiga que anda meio longe, mas que vai voltar logo!

Gina disse...

Ih, agradar a gregos e troianos ninguém consegue, nem tendo família pequena. Sempre tem alguém que não gosta disso ou daquilo. Necessário é saber conviver com as diferenças, com gentileza, de preferência...rs!
Nunca fiz coxinhas assim.
Para nós, ganhar livro de receitas é um baita presente, não?
Bom final de semana!

Akemi disse...

Marly, fiquei espantada em saber que vc recebe este tipo de críticas! Seu blog é ótimo, uma rica fonte de inspiração para todos nós tanto para o dia-a-dia como para ocasiões especiais! Continue assim, por favor! Eu nunca experimentei a coxa-creme da Colombo mas adorava comer do Viena em São Paulo! Adorei sua versão e vou levar a receita! Adorei conhecer mais um pouco de vc, acho que todos que amam culinária têm muitas coisas em comum! Bjs e bom final de semana!

ameixa seca disse...

Só me ocorre dizer a essas pessoas: "pelo amor de Deus, tá?". Nunca fiz coxas creme e gosto destas sugestões, aliás... gosto de tudo neste blog :)

márcia cintra disse...

Olá Marly.,
sou seguidora e recebo as atualizações poe e mail , gosto MUITO de suas RECEITAS e já fiz algumas e c/ sucesso !!
Nunca deixo comentário , mas Hj , quero dizer a Vc que NUNCA vamos agradar a TDS !!
Acho ótimo o bLOG apresentar este MIX de RECEITAS , ora mais sofisticado e outras o travial , tão gostosinho e caprichado p/ o dia a dia !
Amei a sugestão de HJ , desde criança , minha Avó me levava p/ a COLOMBO e eu que amava estas cochinhas , já tinha me esquecido delas !! rs !!
Vou , comprar os ingredientes AMANHÃ e farei no DOMINGO !!
Valeu Marly !!!!
Felicidades ,
Márcia

Lina disse...

Olá, Marly!Por mim desde o mais simples até o sofisticado está tudo bom, adoro o seu blog! Gostei muito das coxinhas!
Beijinhos

Dani Hoffmam disse...

É Marly, realmente é bem difícil agradar a todos...
Eu acho q um blog de culinária tem q mostrar receitas, independentemente se são pro dia a dia ou se são pra ocasiões especiais.
Eu curto muito as suas receitas e adorei essa de coxa creme!

Um grande bjo,
Dani

Daniela U. disse...

Nunca fiz essa receita, vou guardar pra fazer qualquer dia. deve ficar muito bom! Meu marido que ia amar rs bjs

Rachel disse...

Amiga, cheguei a escrever umas três vezes comentando sobre essas pessoas que te mandam email...resolvi apagar todos...o melhor é não dar ouvidos muito menos rebater...o dia a dia e os seguidores fieis que você tem são a resposta para esses "pobres de espírito".

Adorei saber que assim como eu você aprendeu em casa, sorte a nossa ter tido mestres tão bons, não é mesmo...ahhhh, e você também não faria bichos estranhos, insetos...eca!

Sabia que tínhamos muitas afinidades, nossa empatia não é a toa!

Quanto a essas coxas cremes...há muito tempo atrás vi o mestre Benjamin Abrão, no saudoso Note e Anote...rs, fazer essas coxinhas, realmente deve ser de babar.
Sua detalhada receita me animou e vou tentar fazer aqui, depois te falo, ok?!

Bom amiga, desejo um lindo fim de semana para você, fique com Deus!!!

Ahhhh... ótimos os livros, heim...maridão enriqueceu ainda mais sua biblioteca culinária!

Simples Assim disse...

Oi Marly,
Agradar a todos é a coisa mais difícil.
O importante é fazer o que gostamos e termos consciência do que fazemos.
Seu blog é muito bom.Não fique dando atenção a esses comentários, que , quase sempre são maldosos.
Bj,
Lylia

Cozinha Perfumada disse...

Marly que delicia suas receitas !!Hummm essa coxas creme parecem apetitosas!! Queria várias! rs Beijos Tereza

Marly disse...

Queridos e queridas,

Muitíssimo obrigada pela visita de cada um de vocês e pelos comentários gentis. Saibam que a presença de vocês neste blog sempre me alegra e estimula!

Um beijo carinhoso para cada um!

Renata disse...

Ai Marly, que saudade de comer essa coxinha creme! Nunca provei a autêntica da confeitaria Colombo, mas me lembro há muitos anos de uma que eu comprava no Palheta da Tijuca que era divina! Uma receita destas criada por vc tem que ser experimentada!

Xana disse...

Ficaram fenomenais, adorei a receita Marly :)...
beijinho grande

c r i s disse...

Marly querida, fico me perguntando porque fico tanto tempo sem passar por aqui e ver tuas delícias, se já não fosse bom de mais o papo solto, as imagens falam por si...sofrível...KKkkkk! Eu também nunca acho estranho o que as outras pessoas postam, e eita, agradar gregos e troianos é tarefa impossível, né não?

Agora vamos a coxinha de frango...uhlalá! De sobremesa, creme Brulee e café da tarde biscoitinhos de amendoim! Kkkkkk! Mas você tem toda razão quanto a moderação da quantidade, estou com você, meio difícil depois destas gostosuras, mas vamolá...o papo tá grande pela saudade...bjo e obrigada...

Tite disse...

Marly, ao contrário do que dizem, não há proibição de importação das sementes de papoula. Mas desde 2002, uma resolução da Anvisa impõe exigências praticamente impossíveis de serem cumpridas pelos importadores. O que é proibido é o cultivo da planta no Brasil, ou seja, não podemos ter nem um vasinho em casa.
Recentemente, contatei a Fuchs (um dos maiores importadores de especiarias) e me informaram que desistiram de importar o produto devido à dificuldade em achar produtores com as certificações exigidas pela Anvisa. Portanto, continuará sendo muito difícil achar o produto no Brasil.Abraços.

Pin It button on image hover