Google+ Followers

segunda-feira, 9 de julho de 2012

Pão Petrópolis



Antes de mais nada, eu quero agradecer  a todas as pessoas que me enviaram mensagens de apoio, por causa do falecimento de minha irmã. Cada uma daquelas palavras - que me chegaram via comentários ou e-mail -  trouxe um conforto ao meu coração. Muito obrigada mesmo! Acho até que é por causa delas que não tenho me permitido ficar chafurdando na dor, que muito me tem tentado nos últimos dias.
As lembranças de minha irmã têm sido uma constante. Mas não quero, não vou me permitir gastar a energia que pode ser direcionada em favor dos que ficaram, cultivando um sentimento que não vai mudar a situação em nada. E foi por ter tomado esta decisão, que já estou tentando dar prosseguimento à vida.
Este pão é muito bom, como sabem as pessoas que o fizeram pela blogosfera (e foram muitas!).  Eu já o tinha feito duas vezes, antes dos últimos acontecimentos. Voltei a fazê-lo ontem, para tirar a minha mente das lembranças tristes. E o resultado foi como o das outras vezes: um pão fofo e muito saboroso!  Ele é tão bom que está agora dividindo o pódio das minhas preferências, com esse outro pão, que eu chamei de infalível, rsrs. A receita de hoje também é infalível, desde que seja seguida direitinho. Eu não tenho máquina de fazer pão, e faço os meus "à mão" mesmo. Então, se eu consegui obter um resultado tão bom é porque a receita é mesmo muito boa. O interessante é que eu tenho umas receitas das iguarias de "Petrópolis" pães e biscoitos, principalmente, que são também muito boas. Mas sequer as procurei, pois devem estar ainda nas caixas da mudança. Foi ótimo ter tentado esta,  pois o pão se revelou excelente. Esta receita foi apresentada no programa da Ana Maria Braga e ajustada pela querida Akemi, que percebeu uma diferença entre as medidas informadas e as reais. Obrigada, Akemi, por ter tornado esta receita perfeita! 


 Pão Petrópolis
 xícara = 240ml

Ingredientes:
 
 
50g de açúcar (1/4 xícara)
400g de farinha de trigo (2 ¾ xícara)
30g de fermento biológico fresco (usei 1 colher de sopa do fermento seco para pão)
Uma pitada de sal
1 colher (sopa) cheia de manteiga sem sal em temperatura ambiente
180 ml de leite (3/4 xícara)
1 ovo extra
1 gema misturada com 1 colher (chá) de café pronto para pincelar
 
 
Preparo

 
Numa vasilha grande, coloque a manteiga, o leite, o ovo levemente batido e o sal. Junte o açúcar, o fermento fresco esmigalhado (ou seco) e vá adicionando a farinha aos poucos. Misture bem com uma colher até incorporar a farinha e despeje na mesa. Sove até ficar macia e homogênea, polvilhando um pouco de farinha de trigo, se necessário, para desgrudar a massa das mãos. Deixe a massa descansando por 20 minutos. Modele o pão e coloque numa forma de pão (25x10x6cm de altura) untada e forrada nas laterais com papel manteiga com uns 15 cm de altura para fora. Pincele a superfície com a gema e deixe crescer até dobrar de volume. Leve ao forno pré-aquecido a 180˚C  por cerca de 30 minutos. Desenforme e sirva em seguida.
(Texto e receita com as alterações da Akemi, via Teteretê na Cozinha).

34 comentários:

✿ chica disse...

Gosto muito de fazer pães e essa receita é ótima. Bom ver que reagiste bem e não te entregaste!! beijos,chica

rose japan disse...

Ola Marly que bom que vc apesar de tdo esta bem!!! Alegre sim o seu coracao, porque a sua irma esta junto ao Pai e a esperanca eh que um dia teremos esse encontro marcado la no ceu!!!

Marly seu pao ficoj lindo e ja li a receita uma hra vou fazer!!!


Bjinhos e lindo dia p vc...

Rose jp

Joana disse...

Olá Marly!

O pão ficou com óptimo aspecto, vou sem dúvida testar :)

Muita força para esta fase. Não é fácil, mas é preciso continuar em frente. E vai tudo ficar bem :)

Beijinhos e tem uma boa semana :)

Renata disse...

Marly, fico feliz que vc esteja forte nessa hora para superar esse tranco que a vida lhe deu. Cozinhar, para quem gosta, é realmente uma terapia que afasta qualquer tristeza. Seu pão ficou lindo demais, igualzinho ao autêntico. Imagino o cheirinho exalando ao ser assado... hmmmm
Bjsss

Anny disse...

Olá, Marly. Na sexta postei no meu blog também o pão Petrópolis que fiz. Esse pão é maravilhoso. Eu fico na dúvida se ele é melhor fresco ou no dia seguinte torrado. Na dúvida, como dos dois jeitos. Um beijo carinhoso no seu coração.
www.panusipratus.blogspot.com

Andréa disse...

QUERIDA MARLY,
O QUE IMPORTA É QUE VC ESTEVE SEMPRE AO LADO DA SUA IRMÃ ATÉ O ULTIMO DIA DE SUA VIDA, A DOR VAI PASSAR E VÃO FICAR AS BOAS RECORDAÇÕES, A VIDA CONTINUA, INFELIZMENTE TODOS NÓS PASSAMOS OU VAMOS PASSAR POR ISSO, AQUI É SÓ UMA PASSAGEM.
O SEU PÃO FICOU MARAVILHOSO, AMO FAZER PÃES CASEIROS E GOSTO DE SOVAR COM AS MÃOS, RECEITA ANOTADA!

BEIJOS E ÓTIMA SEMANA, FICA COM DEUS!

Iliane disse...

delicia mesmo êsse pão..faço sempre e sempre me pedem..o seu ficou lindo!!!amiga..agora é rever lembranças boas vividas com ela..dificil?eu sei que sim...bjo enorme

Artes da Mel disse...

Eh preciso continuar, por maior q sejam as nossas dores....repito isto pra mim sempre...e o tempo vai nos trazendo a calma necessária para enfrentarmos os momentos de dor e suas lembranças.
Que bom q vc esta seguindo em frente! Já fiz essa receita, mas vou tentar novamente com as mudanças q vc mencionou!
Bjsss
Mel

Lurdes Losquinhos disse...

Olá Marly, gosto de saber que está a seguir em frente embora saiba que ainda doi muito.
O pão é fácil e uma delicia.
Beijinhos e Força.

luci disse...

Que pão lindo que ficou e deve ter ficado delicioso eu adoro pão quente Boa semana beijos

Liliane de Paula disse...

Marly querida, resolvi que vou comprar a máquina de fazer pão. Não sou habilidosa em fazer pães. Acho até que por falta de paciência em qdo deixar a massa descansar.

Fê Dayrell disse...

Marly, desculpe-me não fiquei sabendo da sua irmã receba o meu abraço.

O pão ficou divino, menina, vou ter que fazer este pão esta o maior sucesso nos blogs.
bjo

Rosita Vargas disse...

Te ha quedado hermoso luce muy delicioso,mi sentido pésame por su hermana Dios te confortará,abrazos y abrazos.

Josy disse...

Marlyca minha querida eu estou dando voltas e mais voltas e louca pra fazer esse pão, preciso fazer em breve,realmente fica lindo e fiquei com vontade dele, desde o dia que vi no programa, ainda mais passado na chapa hummm. Ficou lindo o seu.
Fico feliz que vc está procurando se manter forte diante da dor da perda, infelizmente como vc disse, nada podemos fazer a não ser rezar pelos que nos foram caros, o importante é o que vc viveu com ela e como viveu, e as boas lembranças que ficarão na sua memória. Continue forte amiga, fará bem a vc e a ela. Bjos fique com Deus. Boa semana

são33 disse...

ADOREI O SEU PÃO ESTA PERFEITO.
FIQUE EM PAZ...BJ

"Manjares da Manu" disse...

Tenho visto este pão passeando pela net!!!
Pelo que vejo ele é maravilhoso!!!

Bjs...Uma linda semana!!!

Leninha disse...

Amiga Marly,

Só hoje fiquei sabendo do falecimento de sua irmã,minha querida.Aceite meus sentimentos sinceros e saiba que pode contar comigo quando necessitar de falar com alguém que já passou pela mesma dor.E você está fazendo o certo,amiga,o jeito é continuar a vida,pois sua irmã quer te ver bem.E lá onde ela está,estará te protegendo sempre.

Bjsssss,
Leninha

Conceição Pimentel e Elizabete Pimentel disse...

Tem um aspecto bem apetecível. Deve ter ficado uma delícia.

Bjs. e boa semana

CRIKA disse...

Lindo seu pão, super fofo e a receita é muito boa, adorei!!! Bjks

Moro em um Kinder Ovo disse...

Alimentar as pessoas êh alimentar a alma. Já guardei na minha pasta de favoritos.

Heloísa disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
tatiane disse...

Marly, fico feliz por saber que você está reagindo frente à dor da perda (eu tenho uma tendência a ficar lambendo minhas feridas que muitas vezes é paralisante e inútil).
Preciso muito experimtar este pão, além de parecer muito fofinho, uma receita "ajustada" pela Akemi e avalizada por você só pode ser muito boa :D
beijos e boa semana!

MINHA VIDA DE CAMPO disse...

Que pão lindo, eu tenho loucura por pão, como somente aos domingos por que engordo com muita facilidade. Obrigada pela visita. Esta é minha casa. Minha vida é construir e decorar esta casa. Além de fazer crochê. Guria tenho tanta coisa de crochê que já posso montar uma loja.
Bjos e uma boa semana.

Rachel disse...

Isso mesmo minha amiga, força e bola para frente! Sua irmã está em paz e descansando agora, fique bem também!

Esse pão é incrível, fiquei tentada por tudo que li a respeito dele e não me decepcionei quando fiz, é maravilhoso!
E como as amigas disseram, dá uma torrada espetacular!
Um abraço bem apertado!
Bjuss!!!

Manu disse...

Oi Marly!!! Andei meio fora da net nos últimos tempos! Estava atarefada com o meu casamento! rsrsrsrsr
Fiquei muito chateada com a sua perda! Nem sempre é fácil ser forte...
Fique bem!
Delícia de pão! :D
Beijos!

Lylia disse...

Fico feliz que você esteja superando, Marly. Temos que seguir em frente e, graças a Deus, sempre podemos contar com esses nossos amigos dessa imensa blogosfera.
Conte comigo.
Bj,
Lylia

Ana Paula Gervason disse...

Marly Querida!

A dor é grande mas aos poucos se transforma em saudade! Que bom que esta superando bem!
Nossa que receitinha maravilhosa, eu adoro um pão...vou tentar fazer!

Bjss e uma maravilhosa noite!

http://toutlamour.blogspot.com.br/

Léia disse...

PERDER ALGUÉM QUE AMAMOS É DIFICIL.DEVE SE LIVRAR DA TRISTEZA, POIS A SAUDADE, ESSA PERMANECE PARA SEMPRE.PROCURE SE LEMBRAR APENAS DA ALEGRIA QUE FOI TÊ-LA EM SUA VIDA.ASSIM A DOR DIMINUI.MUITA FORÇA PRA VOCÊ.QUE DEUS COLOQUE UM ANJO DE CONSOLO AO SEU LADO.ADOREI O PÃO.BEIJOS.

Priscila Beneducci disse...

Eu vejo este pao em tudo qto e blog, preciso faze-lo ele e perfeito.

Sandra Guadagnin disse...

Marly, sinto muito pela sua irmã. Mas lembranças sempre farão parte, mesmo porque são necessárias ao nosso consolamento.
Vim agradecer a visita e já anotei a receita do pão. Compre até uma panificadora, quem sabe agora não surpreendo o povo daqui de casa.
Abraços e força.

arte da sadhia disse...

oi querida marly tydo bem?? amei seu pãozinho parabens bjãoooo boa quarta

Ivani disse...

fico bem tranquila ao perceber que voce esta bem.
e vai continuar, porque é forte e perseverante.
passo para apenas deixar um grande abraco, estou sem meu dinossauro, foi para o tecnico, e tenho que aproveitar os minutos que posso usufruir do leptop da filhota.
volto logo, fique bem, beijos querida.

Cris e Nai disse...

Olá Marly, estive ausente com uma forte gripe, mas quero aqui deixar meus sentimentos em relação a sua irmã e desejar que Deus à proteja e vos ampare neste momento. Um abraço! Cris!

Gina disse...

Vim atraída pelo pão Petrópolis, mas também para confirmar o que já sabia, que você tem uma força que contagia a todos ao seu redor.
Paz!

Pin It button on image hover