Google+ Followers

segunda-feira, 14 de janeiro de 2013

Massa Podre (outra receita), Empadinhas de Palmito e O Desafio Literário 2013





Olá!

Antes de mais nada devo dizer que gostei da reação de todos à publicação relativa à Nietzsche. E tanto os que registraram algum ponto de vista sobre os pensamentos do filósofo, quanto os que se abstiveram de comentar o assunto, por não conhecê-lo suficientemente, ou outra razão, me fizeram feliz, pois antes de tudo, todos se fizeram presentes. De minha parte, tendo lido os livros de Nietzsche (mostrados no post abaixo), formei uma uma opinião sobre a obra dele. Mas acho o debate das idéias uma coisa muito boa, e por isso trouxe o assunto à baila, rsrs.
Fiz estas empadinhas ontem, para o lanche da turma daqui. Inventei uma receita de massa podre (para quem não sabe, esta massa é chamada de "podre", entre nós, simplesmente porque desmancha na boca; seu nome oficial é massa quebrada ou, no original, em francês, pâte brisée, sendo que esta é a salée, pois é salgada, existe a brisée sucrée, para tortas doces), como ia dizendo inventei esta receita enquanto a preparava, pois queria uma massa grande, que desse para fazer pelo menos 10 empadinhas e uma torta, e então saiu esta. Ela ficou muito boa, com todas as características saborosas da massa clássica, tendo a vantagem adicional de ser fácil, pois pode ser feita à mão.  Aqui no blog há outra ótima receita de massa podre. Dê preferência a esta se você quiser fazer uma torta ou quiche menor.


Minha Massa Podre Salgada (Pâte Brisée Salée)


Ingredientes


500g de farinha de trigo
200g de manteiga ou margarina de boa qualidade (rica em lipídeos)/ fria mas não dura
100g de gordura vegetal (fria, mas não dura)
1 e 1/2 colheres (chá) de sal
1 ovo de tamanho médio inteiro
Água fria o quanto baste, para dar o ponto (usei menos de 1/4 de xícara de chá)
Farinha para polvilhar a mesa

1 gema de ovo misturada a umas gotas de óleo vegetal e outra gota de café preparado ou molho de soja (shoyu) para pincelar na tampa da torta ou empadinhas (opcional)

Preparo


Ponha a farinha numa tigela. Junte o sal, a manteiga e a gordura e misture tudo com um garfo. Acrescente o ovo e misture inicialmente com um garfo e depois com as pontas dos dedos (evite usar a mão inteira, pois o calor dela derrete as gorduras e isso afeta o resultado final da massa). Adicione a água, aos poucos, até que a massa fique lisa, mas não a manipule demais. Faça uma bola com a massa, ponha-a num saco plástico ou envolva-a em filme plástico e leve a bola à geladeira por 20 minutos.  Divida a massa em duas partes e empregue a primeira no que desejar, mantendo a segunda na geladeira, enquanto usa  a primeira, sobretudo se a temperatura ambiente estiver alta. Para fazer empadinhas ou empadões, abra a massa entre dois plásticos (ou sobre uma superfície levemente polvilhada de farinha), usando um rolo de massa. Forre as formas de empadinhas ou empadões, recheie-as gosto e cubra a torta (se desejar) com a outra parte da massa. Se fizer empadinhas ou torta fechada, pincele a mistura de gema sobre a "tampa".


Recheio de Palmito

   
Ingredientes 

1 e 1/2 vidros grandes de palmito em conserva
1 cebola ralada (na parte do ralador que parece escama) ou picada
1 dente de alho descascado e esmagado (ou picado)/opcional
1 colher de chá de sal ou a gosto
¼ de xícara de chá de pimentão vermelho picado
¼ de xícara de chá de cheiro-verde picadinho
2 colheres de sopa de azeitonas picadas
1 e ½ colheres de sopa de óleo vegetal
1 xícara de chá de leite
1 colher de sopa de farinha de trigo
 Preparo
Aqueça o óleo numa panela. Frite nele, ligeiramente, a cebola e o alho. Junte o palmito e o sal e cozinhe tudo por uns 4 minutos (cuide para que o refogado não queime). Acrescente o pimentão e cozinhe por mais 1 minuto. Dissolva a farinha no leite e verta a mistura sobre o refogado. Mexa sempre, até obter uma mistura cremosa. Desligue o fogo e junte a azeitona e o cheiro-verde. Espere esfriar e empregue.
Nota: Complementei o meu recheio com um resto de vagem que necessitava de emprego.
O leite com farinha pode ser substituído por um copo (250ml) de requeijão cremoso.
Agora o Desafio Literário




 Minha amiga Josy recebeu o selinho literário 2013 (imagem acima)  e o repassou a mim, gentileza que agradeço! Ele é o símbolo de uma blogagem que objetiva incentivar a leitura, no ano que está começando. Sempre gostei de livros, e concordo com o escritor Jorge Luís Borges em que a a leitura é uma forma de felicidade. Um livro pode nos proporcionar muitas coisas: companhia, diversão, conhecimento, questionamentos, viagens, arte e emoção.  As regras desta blogagem são as seguintes:

 1)  Citar o nome e o link de quem te indicou:


Recebi o selo e a indicação de minha amiga Josy.



2) Indicar pelo menos dois livros que leu em 2012 e gostou:


Como foram muitos, resolvi indicar os lidos no último trimestre, que são estes abaixo. Por coincidência, gostei  dos três.






3) Listar 3 livros que pretende ler em 2013:



São muitos. Quero reler O Idiota, de Dostoiévski, escritor cuja obra eu sempre amei. E ler  Barba ensopada de sangue, de Daniel Galera, e Os Enamoramentos, de Javier Marías. Estes dois últimos livros já estavam na minha lista quando, por coincidência, foram indicados por minha amiga Adriana, fato que só fortaleceu o meu desejo de os ler.





Também tenciono ler alguma coisa do Haruki Murakami (vou tentar obter a trilogia 1Q84). Ainda tenho em vista uns dois livros aí, de conteúdo filosófico, tidos como importantes por muita gente,  mas que já imagino antecipadamente que não me agradarão. Devo lê-los para poder ter uma opinião justa sobre eles, né?rsrs.



4) Indicar 10 blogs para receber o selo e avisá-los:


Como é do meu costume, não listo blogs para participar de desafios, mas ficaria contente se as amigas que gostam de livros aderissem a este.




29 comentários:

Coisas de Tássia disse...

Eu sou suspeita em falar, pois adoro empada e sempre que aparece uma massa podre nova vou testar! Mulher que imagem linda esta, chegou a dar água na boca.

Bjos e boa semana.

Marisa Vlasic disse...

Querida amiga Marly, eu estou doida pra fazer empadinhas, aqui na Alemanha não existe empada, pastel, coxinhas e outras delícias que temos no Brasil, mas ainda não me atrevi, até mesmo porque nunca fiz antes, mas acho que dia desses vou tentar!! Você fez as que eu mais adoro, de palmito (outra coisa quase impossível de achar aqui), fiquei babando na frente do computador…ai que tentação deliciosa !!
Falando agora do alimento para a mente e espírito, ler é bom demais mesmo, eu adoro, difícil, as vezes é ter tempo de ler tudo o que desejo.

Beijinhos e uma excelente semana
Marisa

Maria Alice disse...

Olá Marly!
Achei esta receita ótima, já salvei.Obrigada,beijos

Patricia Merella disse...

Querida Marly
Eu andava desejosa de fazer empadas,calhou certo sua receita. Vou fazer final de semana. Eu vi este desafio no blog da Nina e comentei os livros que li e mas gostei em 2012;adorei suas dicas. Vou deixar aqui também,bjkas

De Zafon eu li o jogo dos anjos e super recomendo.
1_O SARI VERMELHO_(JAVIER MORO)
2_RIO DAS PEDRAS (_MIGUEL SOUZA TAVARES)
3_A MENINA NA FALESIA_(Lucinda Riley)
4_INFIEL_(AYAAN HIRSI ALI)
5-JOGO DOS ANJOS (ZAFON)

Adriana Balreira disse...

Marly,
Já li também o Idiota e amei. Os livros: Os Enamoramentos e Barba Ensopada de Sangue vc vai ama-los! Não vai se arrepender. Pelo visto temos o mesmo gosto literário! :)
Eu amo empada e de palmito mais ainda. Mas nunca fiz massa podre lá em casa. Quando quero comer uma torta de massa podre eu compro. Absurdo, ne´? Mas como nunca peguei uma receita boa, fico com medo de não ficar gostosa, essa eu vou copiar e tentar fazer.
Beijos e boa leitura!
Adriana

Josy disse...

Marlyca querida, gostei muito de saber sobre a massa, já tinha ouvido falar na massa patê brisée, mas não sabia que essa era doce e a salée fosse a salgada. Mas que chiquetosa essa minha amiga, além de nos presentear com essas delicias, me deu uma verdadeira lição. Gostei, ficaram lindas suas empadinhas e com meu recheio preferido. Qiuanto a sua participação, fiquei muito feliz que vc gostou, pois ja conhecia seu gosto por livros. Obrigada por dar continuidade a esse projeto que é tão prazeroso. Beijinhos miga

Renata Boechat disse...

Hey Darling,

Não sei do que gosto mais, se das empadinhas ou das dicas literárias
já anotei aqui no meu cadernito mental,mas uma mulher que lê Dostoiévski merece todo o meu respeito e apreço, claro!

Beijo,

Liliane de Paula disse...

Marly querida, agora mesmo me aborreci com a "serviçal"Clarice porque li essa receita para ela e ela não sabe de nada, não entende de nada.
Pergunta tudo.
E eu só queria que ela pegasse o material.
Olha, aguentar essa "serviçal" que é detraquê(tem mesmo uma deficiência)é barra pesada.
Quantos aos livros, volto depois para falar neles, combinado?

Larissa Banister disse...

Oi Marly, que saudade de comer empadinhas, fiquei babando... Beijos =*

Larissa Banister disse...

Oi Marly, que saudade de comer empadinhas, fiquei babando... Beijos =*

Silvia disse...

Que empadas deliciosas !
Já comia uma :)

Kati Monteiro disse...

Marly,
gostei das dicas dos livros...
As empadas devem ter ficado deliciosas. Eu tenho forminhas de empada (presente que veio do Brasil), mas nunca fiz (que vergonha). Mas é uma das receitas que eu quero fazer em breve.
Levo pra casa as empadas e os livros!
Beijo

Cris e Nai disse...

Amo empadas Marly, estou com água na boca. É sempre um prazer vir aqui ver estas receitas maravilhosas e todo esse capricho no teu blog. Beijos!!!

São Ribeiro disse...

Ficaram tão lindas ,nunca fiz mas ver essas deu-me muita vontade.
Boa semana
bjs

Prata da casa disse...

Olá Marly: gostei imenso dessas empadinhas, mesmo nunca tendo provado palmito. Penso que a massa poderá,facilmente,ser adaptada a outro recheio qualquer.
Bj
Márcia

"Manjares da Manu" disse...

AMEI A RECEITA!!!

BJS...BOA SEMAMA!!!!

Milia disse...

Oh Marly! como me gustan estos pastelillos que has preparado, con lo mal que suena el nombre, no entiendo como una cosa tan rica se puede llamar así.
Y me gustan mucho tu afición a la lectura, yo también la comparto, los libros me siguen pareciendo la cosa más maravillosa del mundo.
Un beso y buena semana

Danni e Lype disse...

Oi amiga,
Essas empadinhas estão com um aspecto de quero muito ++++!!!! AMEI!!!
Obrigada por compartilhar sugestões de leitura também... Eu adoro livros...
Grande beijo, Irene

rose japan disse...

Hummm Marly que gostosura, sabado tb fiz uma receitinha de massa podre um empadao de frango, palmito hummmm da ate vontade de fazer de novo, e olhando isso aqui deu fomeee.

Bjs e otima semana

Rose jp

Xana Bértolo disse...

Mas que boas e apetitosas :)...
beijinhos

Fernanda disse...

Olá, Marly!!!

Que delícia as empadinhas!!!!!
Adoro fazer essas massas que são versáteis, e acima de tudo saborosas demais.
Amei, mais ainda, ao ver que o post esta ligado a um desafio prá lá dos bons. Então, fica aqui um pedido:
- Será que você pode me indicar para receber o selo e participar?
Neste ano, tenho que ler pelo menos um livro por mês ou dois. Esse foi o desafio que propus para mim.
Bjs

Lidi Horácio disse...

Adorei a receita..!
q delíciaaa.!

http://tilidi.blogspot.com.br
Beijocas :*
Boa Semana ")

Liliane de Paula disse...

Voltei, Marly. Mas para justificar o diagnóstico que dei de Clarice, para vc não pensar que estou sendo cruel.
Assim que notei a deficiência dela, levei para neurologista.
Após exames, inclusive Tomo e RM ele pediu alguns testes e detectou a Deficiência.
Ela não distingue redondo/quadrado, avesso/direito, ligado/desligado, mal passado/bem passado, etc, etc.
É complicado.
Mas tem outras qualidades.

Liliane de Paula disse...

Quero fazer seus biscoitos de Gengibre e ela, a serviçal, não consegue entende a receita.
E olhe que expliquei muito.

Kinha disse...

Vou testar sua receita. Adoro massa podre suave, que derrete na boca, ao contrário daquela que pesa...

Solange Honorato disse...

Que legal! Encontrei mais uma amiga que também gosta de empadas!
Adoro fazer e comer!!!rsrss Minha receitinha é um pouco diferente... Agora fiquei empolgada para fazer a sua...
Então, quanto aos livros, sei que preciso ler mais!rsrs
Gosto muito dos seus textos, deve ser resultado do seu gosto pela leitura, né?
Beijos!

Lucinha disse...

Marly,

Deu uma vontade de comer empadinhas. Rs
Recebi esse selo também, e vou fazer minha postagem em breve.
Beijos

IVANEIDE disse...

Que lindas e perfeitas, amei!!

Tânia disse...

Amiga
Eu fiz para o Natal um empadão de camarão com sua massa podre clássica e foi sucesso absoluto. Vou guardar essa para uma receita maior.
Quanto ao desafio literário, ando um tanto quanto relaxada nos livros. Promessas para 2013 de ler mais, sair do sedentarismo , ver mais os amigos e trabalhar menos estão entre as prioridades. Tô gostando de ver as suas dicas literárias. Certamente vou levar em consideração quando escolher o que ler.
Beijinhos

Pin It button on image hover