Google+ Followers

sexta-feira, 1 de março de 2013

Muffins de Morangos nº 3 (Para um brunch de Páscoa)





Olá, para todos! Como vocês estão hoje, mais sábios e mais felizes? rsrs. Estou lendo - e adorando - os Ensaios do filósofo e escritor francês Michel de Montaigne. Ele viveu no século XVI e refletiu muito sobre humanidade, seus costumes, sua moral etc. Foi também um estudioso da antiguidade clássica e um observador sagaz dos dogmas do seu tempo, e por isso pôde ponderar sobre os atos de reis e pessoas comuns, ao longo dos séculos, obtendo assim uma sabedoria bastante significativa. O livro é cheio de citações espantosamente atuais, provas incontestáveis de que a maioria dos atuais autores de livros de autoajuda apenas limita-se a transcrever os ensinamentos de gente como Montaigne, fazendo-o muitas vezes sem a graça e perspicácia do autor original, rsrs. Uma das frases deste filósofo, que considero muito digna de reflexão é: "A prova mais clara de sabedoria é uma alegria constante".  E isso porque, entre outras coisas,  Montaigne já havia observado a conexão existente entre a alegria e a saúde, tese tão defendida atualmente pelos gurus da autoajuda. O médico e guru Deepak Chopra diz o seguinte, em um dos seus livros: 

 “Somos as únicas criaturas na face da terra capazes de mudar  nossa biologia pelo que pensamos e sentimos! Nossas células estão, constantemente, bisbilhotando nossos pensamentos e sendo modificadas por eles. Um surto de depressão pode arrasar o nosso sistema imunológico; apaixonar-se, ao contrário, pode fortificá-lo tremendamente. A alegria e a realização nos mantém saudáveis e prolongam a vida. A recordação de uma situação estressante, que não passa de um fio de pensamento, libera o mesmo fluxo de hormônios destrutivos que o estresse.  Nossas células estão constantemente processando as experiências e metabolizando-as de acordo com nossos pontos de vista pessoais". 

Não é surpreendente que um filósofo do século XVI já tivesse percebido isso, embora não o tenha dito com as mesmas palavras? rsrs. 

Queria fazer para as meninas (Lili veio passar as férias conosco) um bolinho mais saudável do que os comuns, por isso adaptei uma receita de um dos meus livros, obtendo estes muffins das fotos, que resultaram gostosos e não muito doces. Aproveitei a proximidade da Páscoa e do aniversário de Bellita para "ensaiar" a arrumação de uma mesa para um brunch de Páscoa, e esta é a razão das imagens, digamos, mais  festivas, rsrs.  Já publiquei aqui no blog uma receita de muffins de morangos parecida com esta. E aqui outra receita de muffins de morangos, mas com fubá, rsrs.


Muffins de Morango nº3

Ingredientes 

1 ¼ xícara (chá)  de farinha de trigo Comum
¼ xícara (chá) de farinha de trigo integral 
1 colher (chá) de casca ralada de limão Tahiti (pode ser substituída por 1 colher de chá de essência de morangos ou de baunilha)
1 xícara (chá) de morangos picados
¼ xícara (chá) + 1 colher (sopa) de óleo vegetal

½ xícara (chá) de leite
1 ovo grande
Pitada de sal
1 colher (sopa) de fermento
½ xícara de açúcar comum + 2 colheres (sopa) de açúcar mascavo

Preparo

1. Pré-aqueça o forno a 180 º C. Unte com manteiga uma forma para muffins com oito cavidades, ou ponha 8 forminhas de papel nas cavidades da forma.
2. Em uma tigela,  misture o óleo, o leite,  e o ovo. Bata levemente. Em outra tigela, misture a farinha, o sal, o fermento e os  açúcares. Misture os conteúdos das duas tigelas. Acrescente os morangos picados e mexa para misturar tudo (não mexa demais).

3. Distribua a mistura nas cavidades da forma para muffins. Asse-os  por 25 minutos, ou até que os bolinhos passem no teste do palito. Deixe que esfriem por 10 minutos e retire os bolinhos da forma.



20 comentários:

Fê Dayrell disse...

Marly que post lindo, deixou meu dia mais feliz.
E com estes muffins então... tô que é só sorrisos.
bjo

Patricia Merella disse...

Querida Marly
E eu sou privilegiada com a sua amizade que tantome ensina trazendo um vontade enorme de viver.Meus dias se tornam mas alegres quando passo por aqui.Eu tambem n fico sem uma leitura,mas dificil encontrar livros e Portugues por ca,quando vou a Portugalme reabasteço.Acabei de ler de Costas para o Mundo retratos da Servia(Asne Seierstad) e agora le Jardim deinverno de Zelia Gatai,querida linda sexta,obrigada por me responder e compartilhar esta receita maravilhosa,beijinhos

Renata Boechat disse...

Ah, os filósofos, os de outrora muito mais sábios que os de agora...rsss

A mesa lindíssima, as palavras que acalentam a alma e o coração,

Tudo do maior bom gosto, com a energia e a luminosidade que lhes são peculiares,

Mais uma vez, eu digo,
Arrasou Darling!

Lurdes Losquinhos disse...

Ficaram lindos.
Bjs

Adriana Balreira disse...

Marly,
Vivendo e aprendendo, já tinha ouvido falar nesse filosofo Montaigne, mas nunca li nada dos seus ensinamentos. Mas parece que ele é atemporal. Gostei da frase que vc separou dele. Perfeita! E é mesmo muito verdadeira. Por isso tento evitar a tristeza ao máximo.
E esses muffins, nunca fiz um. Tenho que comprar essas forminhas pequenas.
Beijos
Adriana

Renata disse...

Adorei seu post Marly, a mesa está um encanto e esses muffins com farinha integral divinos!
Parabéns pelo capricho de sempre :)

Santa Gastronomia disse...

Lindo este seu ensaio, Marly: faz bem para os olhos e para a alma! Um brunch encantador!
Caiu como uma luva com que o guru escreveu!

Bjinhus..

✿ chica disse...

Ótima idéia.Isso é bom demais! beijos,lindo fds! chica

Andréa disse...

Marly,
que postagem linda, texto maravilhoso, bom demais passar por aqui e encher os meus olhos e o meu coração com tanta beleza! Valeu!
Feliz de quem saboreou esses moffins lindos e deliciosos!

Desejo a vc e a sua família um ótimo fds!
bjs

Liliane de Paula disse...

Marly querida, li algumas pequenas biografias de filósofos, mas não lembro de ter lido, ou de ter Montaigne.
Essa relação de alegria com saúde é muito verdadeira.
Nunca li um livro de auto ajuda. Penso que esses livros, ajudam a quem escreveu tanta besteira.
Bellita e Lili estarão aí para saborear os quitutes da pascoa.
Aqui, nós continuamos com docinhos de setembro, do natal e agora do aniversário da Infanta Beatriz.

Milia disse...

Hola Maly, curiosa reflexión la tuya, da un poco que pensar y da un poco de pena, por lo abandonado que están los clásicos, si se conocieran más quizá estos nuevos gurús de la autoalluda, no lo serían tanto.
Los muffins me parecen divinos, me gusta mucho todos los dulces que llevan fruta.
Un beso y buen fin de seman

Lu disse...

deve ter ficado uma delicia.
eu adorei a receita.
a mesa ta um charme.
beijos
boracozinhar-lu.blogspot.com

Orvalho do Céu disse...

Olá,querida
Que delícia vc no apresenta no dia a dia... parabéns!!!
Bjm de paz e bem

IVANEIDE disse...

Realmente a alegria é uma condição vital. Como não ser alegre se temos um Deus tão maravilhoso?? Amei os muffins, principalmente por saber que não são muito doces!!

luci disse...

Que delícia de muffins e que mesa linda parabéns
bom sábado
beijos

Josy disse...

Marly querida que mesa deslumbrante, as cores, os talheres, pratos, copos, enfim tudo tão harmonioso e lindo. Adorei os muffins, são muito delicados e bem gostosinhos. Ficou maravilhosa sua mesa, como sempre. Gostei muito desse trecho de Chopra. Como muitos de nós sabemos até o cancêr pode vir em forma de doença caracterizda por mágoas que trazemos conosco, porisso não guardo rancor de nenhuma pessoa.Precisamos sempre observar nossas atitudes mentais não é? Isso é para o nosso melhor,ter mais saúde,alegria, felicidade e,conseqüentemente, mais qualidade de vida. Bjos amiga, um lindo final de semana

Receber e Celebrar disse...

Que mesa caprichada! Amei o detalhe do coelho de pelúcia em cima dela! Seus muffins ficaram com uma cara ótima e só a foto já me abriu o apetite :)

Patricia Merella disse...

Pois é querida Marly,eu cá feliz pois a temperatura já está positiva.Já amanhei cá menos 21,então Zero é bom.
Aparti de Terça,acredite terei sol e chegará a 15 graus,uma delicia.Amo o ventnho gelado da primavera quando vou trabalhar de bicicleta com o sol e as belas paisagens.Pois Ma,eu moro na "roça" mas a roça por cá n tem nada a ver com nossa roça,rs
Amiga,lindo Domingo,beijinhos

A Paixão da Isa disse...

super este post e a mesa wuau mt bonita gostei de tudo bjs

Jussara Neves Rezende disse...

Marly,
amei as imagens do seu ensaio para a Páscoa e imagino que os muffins tenham ficado deliciosos, mas o pensamento de Montaigne compartilhado... foi tudo de bom!
Abraço,
Jussara

Pin It button on image hover