Google+ Followers

terça-feira, 8 de outubro de 2013

Balas de Coco - Todos os segredinhos da receita!



Olá, gente! Conversando recentemente com uma amiga no FB, percebi que apesar de fazer balas de coco desde sempre, não havia postado ainda a receita delas aqui no blog, então estou preenchendo esta lacuna agora, rsrs.


Esta foi uma das primeiras receitas que fiz continuadamente, em minha vida de jovem adulta, e tive de fazê-la muitas vezes, porque as pessoas que as comiam sempre me convenciam a fazê-las para elas também, sobretudo para as festas, rsrs. Esta receita me foi gentilmente passada por uma amiga e colega de trabalho chamada Denise. Muitos anos depois, porém, a encontrei na revista abaixo, cuja coleção minha mãe enviou para mim, uns quinze anos atrás. Esta revista deve ter bem uns 50 anos, e apesar de eu ter várias vezes folheado os volumes, enquanto morei com os meus pais, não prestei atenção nesta receita, rsrs.


Reparem que a receita fala em 'açúcar' e não 'açúcar refinado', mas como foi o refinado que a Denise indicou, nunca fiz as balas com açúcar diferente, nem mesmo com o comum (granulado), rsrs. Abaixo estou registrando todos os pormenores referentes à execução da receita, que fui averiguando ao longo dos anos, inclusive a temperatura em que a mistura chega ao ponto (que só me lembrei de medir ontem, pois sempre verifiquei o ponto "no olho", rsrs).  Estas balas derretem na boca e são muito saborosas, viciantes mesmo, rsrs.


Balas de coco

Ingredientes
  • 1 vidro de 200 ml de leite de coco integral (não light)
  • a mesma medida (do vidrinho de leite de coco) de água filtrada
  • 1 kg de açúcar refinado
  • 1 colher (sopa) de vinagre
Preparo

Misture bem todos os ingredientes numa panela funda (para que a mistura não transborde, pois ela costuma subir um pouco, como o leite fervente). Leve a panela ao fogo baixo e não mexa mais, para que a bala não açucare. Limpe as bordas da panela, em volta da mistura, com um pincel culinário molhado (isso evita que os respingos queimem e levem a mistura a cristalizar ou ficar amarga, mas, vou ser sincera, eu nunca fiz isso, rsrs). Deixe que cozinhe até que as bordas da mistura, que tocam a panela, comecem a ganhar um tom amarelado (neste ponto, um pouquinho da mistura jogada num pires com água fria deve formar uma bolinha firme, se você tentar pegá-la com as pontas dos dedos. Isso ocorre quando a mistura chega aos 124/125º C, o que quer dizer que se você tiver um termômetro para doces, só terá de observar a temperatura da mistura, rsrs). Enquanto cozinha, unte  com manteiga uma pedra de mármore grande ou o tampo de inox da pia, que, naturalmente, devem estar bem limpos e secos.  Despeje a mistura -  que chegou ao ponto -,  no mármore untado e espere que amorne ligeiramente. Unte levemente as mãos com manteiga e desprenda a “massa” do mármore, pelas beiradas, forme um rolo com a massa  e puxe-o, com as duas mãos, torcendo um pouco e formando cordões mais ou menos finos, até que a massa fique clara e não grudenta (eu sempre fiz isso acompanhada de alguém, que estica metade da massa; faço assim porque receio que uma parte da massa açucare enquanto eu puxo a outra.Mas muita gente puxa a massa toda sozinha). Corte os cordões com uma tesoura com, as lâminas levemente untadas com manteiga.  Deixe as balas secarem e guarde-as em potes bem secos e fechados.

Notas:

1)  Há muitas receitas de balas de coco, idênticas a esta, que levam, no entanto, menos água ou nenhuma água. A diferença principal, em termos de execução, se restringe ao tempo em que a mistura chegará ao ponto, pois a água vai evaporando, enquanto a mistura cozinha.

2) Não caia na tentação de aumentar o fogo, para apressar o tempo de cozimento da mistura, pois esta grudará no fundo da panela, queimando em seguida, rsrs.







50 comentários:

Pedrita disse...

bala de coco é muito bom. minha mãe trouxe pra mim umas do festival do morango em atibaia. derretiam na boca, uma delícia. beijos, pedrita

Nice e Ana, temperado com carinho... disse...

Lindas Marly, de uma delicadeza incrível, bjs, Ana ;).

✿ chica disse...

Eu adoro essaq bala e nunca fiz. Um dia tentarei! beijos,chica, tudo de bom!

Adriana Balreira disse...

Marly,
Essas balas são a cara da minha infância, minha avó fazia sempre e eu amava comer ainda morninha. Mas ela nunca deixou eu puxar ou mesmo aprender a fazer, dizia que eu era muito pouquinha para fazer essas balas...rsrs...(era muito magra qdo criança...rsrs). E depois que ela faleceu nunca mais comi uma bala dessas. Ninguém da familia aprendeu a fazer e pronto! Agora com essa receita, vou tentar fazer! :)
beijos
Adriana

Zizi Santos disse...

Eu vi la no Face, corri pra cá!
tudo o que é seu, Marli, é delicado, refinado. Até essas balas de coco ganharam um toque rosa, coisas de Marli!
Adoro essas balas! chego a sentir o gostinho daqui!
Aprendi fazer com uma senhora doceira lá em Atibaia, por volta dos ano 80;
Desse jeitinho mesmo, inclusive secando as bordas da panela com um pano limpo, acho que não tinha o pincel
Ela ensinou a colocar um prego imenso na parede. Era ali que torcia, quilos e quilos da massa.
Também fazia com nozes, pelo que me lembro.
Só fiz uma vez, deu certinho.
mas tem que saber puxar, senão desanada mesmo.
beijos e obrigada por tão boa receita
Zizi

A Paixão da Isa disse...

para mim de coco ja esta perfeito adoro tudo que leva coco elas estao um sonho mt bonitas bjs bs

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Hummm adoro! Vi no Face e vim correndo! Faz muito tempo que nao faço!
Parabéns!
Bjs

São Ribeiro disse...

Nunca comi mas com coco tenho a certeza que ia gostar.
Ficaram lindas
bjs

Naroa Calatayu disse...

muy sabrosas, con lo que me gusta el coco, mmmmm, besos

Rachel disse...

Amiga Marlt... uma única vez na vida me atrevi a fazer essas balas e até que deu certo, fiz com a ajuda de minha cunhada e ficamos muito felizes com o resultado.
Fiquei bastante tentada a fazê-la novamente.
Com água na boca deixo aqui meu abraço!!!
Bjuss!!!

Márcia Rocha disse...

Gosto Muuuuuuuiiiiiito dessas balinhas... Huuuuuuuuummmmmmm!!!
Beijos Márcia (Rio de Janeiro - Brasil)

http://decolherpracolher.blogspot.com

Andréa disse...

Marly,
ainda não me aventurei em fazer estas delícias, eu adoro!
Levo a sua receita, ficou 10!

Bjs

Prata da casa disse...

Olá Marly: engraçada esta revista tão antiga com esta receita, que aqui em Portugal, devo confessar nunca provei. Parecem deliciosos com o gostinho a coco.
bjn
Márcia

Josy disse...

Querida Marlyca, que saudades das amigas e suas delicias, estava curiosa para saber o que prepararam na minha ausência. Bom estar de volta. E olha só, essa semana estava pensando em encomendar balas de coco de uma vizinha que faz a anos, para oferecer a criançada do bairro, todo ano faço isso, porém, embora vc tenha explicado muito bem a forma de fazer, nem me arrisco pois estabanada como sou é capaz de me queimar, ou queimar a receita kkkk, mas admiro e sempre admirei quem sabe a técnica e confecciona com maestria essas balinhas tão deliciosas, e vindo de você não me surpreendi, diante de tantas delicias mais trabalhosas que vc faz com perfeição. Bela receita, quem quiser se arriscar, com certeza terá bons resultados. Amiga, obrigada pelo carinho e visitas em meu cantinho na minha ausência. Beijinhos, ótima semana

Lu disse...

huuuuum
eu amo essa balinha, mas nunca fiz.
achei tao facil, vou testar.
beijos
boracozinhar-lu.blogspot.com

Renata Boechat disse...

Darling, você me espanta, no bom sentido, claro...rsss
Menina, quando eu penso que você é fera na confeitaria lá vem voce com mais novidade...gente, tô "boba" kkkk
Nunca vi balas de coco mais lindas e mais bem feitas, iguais as da D. Olivia, famosa aqui em Bh pelas balinhas de coco, coitadinha, encomendei as balas dela, que na época já estava velhinha, 20 anos atrás pro aniversário de um ano do meu menino...boas lembranças
Minha amiga, suas balas me encheram os olhos e o coração,
Obrigada!

Neide MC disse...

Oi Marly, essas balas de coco é realmente uma tentação, eu gosto muito, e tenho a maior vontade de preparar, mas eu achava que só podia colocar no mármore e podendo colocar no inox acho que vou me arriscar.

Bjs,

Marisa Vlasic disse...

Querida Marly, suas balas estão muito lindas, simplesmente perfeitas, estou aqui só imaginando o quanto devem ter ficado deliciosas!! Eu adoro essas balas, o problema é que quando começo a comer não consigo parar…hehe
Nunca me aventurei a fazer, mas quem sabe um dia, afinal você é uma inspiração para mim minha amiga!!

Beijinhos

Liliane de Paula disse...

Tenho lembrança de já ter comido essas balas "viciantes".
E não comi uma só. Impossível.
Mas, certamente, foi num tempo que eu não tinha remorso, no tamanho do que ele existe agora.

Melissa Alves disse...

Huuum amo essas balas! Quem sabe me arrisco no preparo delas? Mas você falou no tipo de açúcar... Para mim, o açúcar comum é o refinado. Nunca tive o costume de usar o cristal...

angela disse...

Marly querida, suas balas ficaram maravilhosas, lindas e uma perfeição como tudo que sai da sua cozinha. me deu vontade de fazer novamente, bjs

Lúcia Soares disse...

Marly, estas balas são delícia mesmo. Aqui em MG têm até esse nome mesmo, como lhe contei no FB.
As legítimas são assim mesmo, derretem na boca.
Atualmente se vê delas em vários sabores, mas nunca com a qualidade e maciez da original.
Açúcar puro, né? rs lembro-me de ver fazendo a receita, a "puxa" ficando transparente e logo em seguida "açucarada", tinha uma vizinha que amarrou um gancho, tipo de rede, e prendia a massa nele, puxando-a sozinha.
Deu-me vontade agora, de comer umas...rs
Beijo!

Lúcia Soares disse...

Tanto "mesmo". Affff! Desculpa.

Lucinha disse...

Marly,

Ahh eu amo de paixão!
Vou mostrar pra uma amiga, e se achar o leite de coco aqui, vou tentar fazer.
Amei!
Um lindo dia! Beijos

Luma Rosa disse...

Oi, Marly!
Quando morava em Minas comprava balas de coco de uma pessoa "mestra" nessas balinhas e agora quando vou lá, sempre encomendo. Quem come das balinhas artesanais não quer outra! Não sei se pela comodidade, mas nunca pensei em fazer balas.
A receita que disponibilizou é um tesouro!
Beijus,

Simone Felic disse...

Me lembro de comer estas balas quando pequena, são uma delícia.

bjs

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com/

Simone Felic disse...

Me lembro de comer estas balas quando pequena, são uma delícia.

bjs

http://eueminhasplantinhas.blogspot.com/

Marlene Pires disse...

Que delicia hein Marly, obrigada pó compartilhar a receita.
Beijos e fique com Deus,
Marlene

Jussara Silva disse...

Marly, estas balas são uma delícia mas nunca me arrisquei a fazer. Quem sabe um dia... Aqui no meu bairro tem uma senhora que faz e são divinas. Além das de coco, ela faz de amendoim, nozes e chocolate. Uma verdadeira tentação.
Bom final de semana.
Bjs.

Cristiane Moraes disse...

Amo, amo, amo essas bala! Confesso que já tentei fazer, mas não consegui... :( Umas tias do meu marido fazem com perfeição e são cheias de truques na hora de fazer, acho que o segredo é a paciência também. Obrigada por compartilhar! Bjim.

Rosita Vargas disse...

Ohhh me encantan intentaré hacerlas lucen maravillosdas,abrazos.

Pepa disse...

Marly, minha mãe fazia as melhores balas de coco que eu já comi...

E sempre perfeitas... me lembro de que quando era pequena minha tarefa era "marcar'' depois que ela puxava...
Ai que delícia de lembrança...

Outro dia tentei fazer, a primeira desandou e açucarou , a segunda deu quase certo, mas ficamos tão ouriçadas para cortar que ficaram feiosas...

As suas ficaram idênticas as que minha mãe fazia !!!

Eita saudade boa !!!

Vendo essas revistas, lembrei daquela "Seis Capitulos de Garfo e Colher" você tem ??

Bjus 1000 querida e uma semana maravilhosa prá ti !!

Lili disse...

amo essas balas!!!

Nathália Jardim disse...

Fiz essa receita, mas nao ficaram como eu imaginava!!!!:'(elas nao ficam durinhas mas quando colocadas na boca derretem?????pq as balas de festas infantis que eu conhaco eram assim!!! A minha ficou macia, tipo 7 belo!!! Sera que eu deveria ter esticado mais um pouco?????

Marly disse...

Oi, Natália,

Elas têm de ficar durinhas. Mas, se colocadas na boca, elas derretem. Na próxima vez que você tentar, puxe um pouco mais. E procure ter outra pessoa para puxar com você, pois a "massa", na minha opinião, é muita para uma pessoa só puxar e como ela mão pode ficar à espera, pois esfria... rsrs.

Beijoca

Graziella disse...

Oi Marly! Eu comecei a fazer balas de coco faz pouco tempo e faço a receita tradicional, 200 ml de leite de côco (Socôco), 200 ml de água e 1 quilo de açúcar. Mas eu queria saber se vai dar certo colocar mais leite de côco na receita para a bala ficar mais macia, derreter mais na boca e ter um sabor mais acentuado de leite de côco. E olha que eu estico bastante a massa até ela se esbranquiçar. E pra falar a verdade, como sou eu sozinha pra esticar a massa, eu faço sempre meia receita, nunca inteira, pra dar conta.

Unknown disse...

Delicinha

Cíntia disse...

Oi a minha grudou td na mao e açucarou sera pq

Marly disse...

Cíntia, olá, bem vinda!

É bom passar um pouco de manteiga na mão antes de começar a trabalhar com a "massa" da bala. E a gente tem de puxá-la com rapidez, porque à medida que esfria, ela açucara, tente outra vez!

Beijoca!

marcela pereira disse...

ola td bem?depois que e feita a bala ,deixo descansar em ambiente aberto ,ou tampado?obrigada..

Marly disse...

Marcela Pereira,

Você pode deixar as balas por umas duas horas numa assadeira limpa, cobertas com um pano de prato. Depois que elas estiverem frias você as transfere para um pote com tampa.

Beijoca

samira disse...

Oi queria mt saber quanto tempo ela demora pra ficar boa e se é normal ficar em poto de bala por mt tempo por favor me ajude to perdidinha ta pronta mais ainda ta super dura e n acucarou

Maria Benedito disse...

Oi, não tenho nem marmore, nem granito. Gostaria de saber se posso despejar a massa no alumínio. Desde já, meu muito obrigada☺

Anônimo disse...

Oi eu fiz e a minha açucarou porque será? Meu esposo que puxou sera que ele puxou muito tempo? Estava indo tudo bem derrepente a massa esquentou e já era virou pedra

Marly disse...

Olá anônimo,

A massa da bala esfriou além do ponto, por isso ela açucarou. Você deve torcê-la em cordões, e cortá-la antes que ela esfrie demais!

Beijoca

Gabriela Ramos disse...

Fiz a minha bala.. mais não deu certo.. as pontas na mesa fico dura a parte que ficou certo eu puxei até o ponto de cortar.. mais no fim ela despedaçou.. oq será que eu posso ter feito de errado. ??? me ajuda por favor.. preciso de uma rendinha extra..
um BJ!!!

Marly disse...

Oi, Gabriela Ramos,

Provavelmente você começou a puxar a bala já muito fria. A parte que deu para puxar talvez tivesse sido salva, se você a tive cortado, depois de fazer uns "cordões" com ela.
Tente outra vez observando estes detalhes, ok?

Beijoca!

Taynara Barbosa disse...

Qual a finalidade do vinagre?
Att Taynara

Andréia Betiol disse...

Olá gostaria de uma dica minhas balas estão acucarando com o frio o que eu faço para isso não acontecer?

Marly disse...

Andréia Betiol.

A 'massa" da bala tem que ser puxada e cortada rapidamente (comece a puxá-la ainda meio quente, tão logo seja suportável) senão açucara mesmo. Esta receita é grande, por isso a massa deve ser puxada por duas pessoas, para evitar o açucaramento de uma parte dela.

Beijoca

Pin It button on image hover