Google+ Followers

sexta-feira, 18 de setembro de 2015

Filé na Crosta (Filet en Croüte) e... Os Fiennes




Olá, para todos!O filé assado na crosta de massa, no caso, massa folhada, é um desses pratos que combinam sabor e glamour, motivo de ele figurar muito em festas e celebrações. A razão de se envolver a carne na massa seria para que ela retivesse os sucos, mas é evidente que a própria massa torna-se um atrativo extra. No Reino Unido esta carne é conhecida como "Beef Wellington" e lá a receita tem que seguir os parâmetros estabelecidos, como o de ter cogumelos entre os ingredientes. Esta receita que trago é mais simples, mas também destoa da tradicional pelo ponto de cozimento da carne, que para o povo daqui de casa tem que ser o 'muito bem passado', diferentemente do que preconiza a receita clássica, que apresenta a carne bem rosada e até sanguinolenta, rsrs. Como estou - há muito tempo - numa vibe vegetariana, não provei deste filé, mas os que o comeram me garantiram que ficou muito bom.

Esta carne é fácil de fazer, mas requer tempo, porque ela tem que ser resfriada, depois de frita (e antes de ser recoberta com a massa folhada). Esquematizei um 'passo a passo' fotográfico, para que fique claro o modo de preparo dela.



Esquema do Preparo do Filé na Crosta de Massa:

1 - A peça de filé mignon temperada (use o tempero que preferir, usei sal, alho, um pouquinho de tomilho e manjericão, e mostarda de Dijon) - temperei o meu filé muitas horas antes do preparo do prato. E o amarrei porque tinha aberto a carne, na parte de baixo, para temperá-la por dentro, o que poderia desfigurar o rolo, mas isso não é usual, rsrs.

2 - Depois de temperada, frite a carne rapidamente, em fogo alto, para selá-la. A minha fritou bem mais, porque o povo daqui gosta de carne bem passada. É preciso cuidado, nesta operação, para que a carne não solte água.

3 - Espere que a carne esfrie, na geladeira (leva cerca de 1 hora). Depois de fria, envolvi a minha carne em tiras de bacon, mas você pode usar o que quiser, há quem use queijo, há quem use vegetais, como espinafre, por exemplo, refogados (e bem sequinhos). É  importante que a carne esfrie, antes de se passar ao passo 4.

4 -  e embrulhei tudo num pedaço de massa folhada, que foi pincelada com gema de ovo (depois disso salpiquei gergelim branco sobre a massa).

5 - a carne então foi posta no forno, preaquecido (a 180º C), onde ficou até que a massa dourasse,  o que levou mais ou menos, 25 minutos. 

Obs: 

1 - você pode fazer, se preferir, porções individuais de filé na crosta de massa folhada.



********************************************************


Os irmãos Fiennes

“Que sorte têm os atores! Cabe a eles escolher se querem participar de uma tragédia ou de uma comédia, se querem sofrer ou alegrar-se, rir ou derramar lágrimas; isto não acontece na vida real. Quase todos os homens e mulheres são forçados a desempenhar papéis pelos quais não têm a menos propensão. O mundo é um palco, mas os papéis foram mal distribuídos”.  OscarWilde
 
Apesar de não concordar inteiramente com a frase (acima) de Oscar wilde, por saber que todos os seres humanos têm de enfrentar os papéis que lhe cabem na sempre desafiadora vida real, penso que a profissão de ator proporciona realmente, aos que a exercem, alguns privilégios, como a possibilidade de adentrar muitos mundos e conhecer diversas realidades, proporcionar emoção e reflexão.

Há muitos atores magníficos em nossos dias, e só me ocorreu começar esta série com os irmãos Fiennes, por ter visto recentemente alguns dos trabalhos de ambos.



                                                     Ralph e Joseph Fiennes


Considero estes dois competentes e carismáticos. A família Fiennes tem origens aristocráticas, e muitos dos Fiennes voltaram-se para as artes.



Ralph Fiennes fez papéis interessantes em muitos filmes, o que revela cuidado, na escolha dos mesmos. 



recentemente impressionei-me com Coriolano (Coriolanus), que ele dirigiu e protagonizou

 
                          ele foi dirigido por Fernando Meireles, no O Jardineiro Fiel


******


                         Joseph também tem construído uma carreira significativa


                                           ele já viveu personalidades como Shakespeare

                              

                                                           e   Lutero




(imagens sobre os irmãos Fiennes apanhadas na Internet).





17 comentários:

Pedrita disse...

adoro os irmãos fiennes. beijos, pedrita

Andréa disse...

Marly minha querida,
eu já fiz essa receita a minha não deu muito certo a massa folhada
acabou abrindo, gosto do passo a passo, obrigada por compartilhar!
Eu não gosto de carne mal, prefiro assim do jeito que vc fez.
Tem muita gente que prepara esse prato e deixa a carne meio vermelha eu não como.
Vc sempre no dando dicas de filmes maravilhosos, valeu!
A primeira foto ficou linda!

Bjs, excelente fds junto a sua família! ♥

Adriana Balreira disse...

Eu amo carne sanguinolenta!! Quanto mais sangrenta melhor. Meu sobrinho faz uma carne dessas que fica divina! E amo esses irmãos! Que lindos que são!
Beijos
Adriana

Patricia Merella disse...

Olá Marly querida
Amo esta carne,mas te confesso que não
tenho coragem de fazer,você é uma artista,
parabéns e feliz final de semana,beijinhos

Simone Scharamm disse...

Taí uma receita que eu nunca fiz, Marly. Vou aproveitar seu passo a passo, que ficou bem explicadinho e fácil. Adorei!
Sobre os irmãos Fiennes...ah(suspiros+suspiros!)kkkk...adoro, principalmente o Ralph, não me canso de vê-lo em "O Paciente Inglês". Um beijão e ótimo fds pra você!

Clara Brito disse...

Essa carne ficou com um aspecto delicioso e lindissimo.
Adoro esses actores mas são destraida que nem sabia nem imaginava que eram irmãos. :-D

Beijinhos,
Clarinha
http://receitasetruquesdaclarinha.blogspot.pt/2015/09/wrapps-de-alheira-linguica-tamara-e.html

Andrea Bitencourt disse...

Olá Marly!!!
Nunca tive coragem de preparar essa carne, acredita? Morro de medo de não acertar a mão!!!
Assim como a Clara Brito, também não fazia idéia de que eles são irmãos! rsrs
Beijos e ótimo final de semana pra ti! =)
www.deliciasdavodeo.com.br

Sonica disse...

Eu já fiz essa receita e amei! Esses irmãos ei também adoro! Bjs,

Rosa Paula I Le Paquet disse...

Oi, Marly! Eu adoro o Ralph Fiennes. Acho que ele faz escolhas maravilhosas. Se ele está em um filme, nem presto muita atenção na sinopse, já me interesso em ver. O Jardineiro Fiel é um dos meus preferidos. Ele também está ótimo no Grande Hotel Budapeste. Já o irmão, não sou tão fã, embora tenha adorado Shakespeare Apaixonado.
Quanto ao prato, parece maravilhoso, mas certamente muito além das minhas capacidades culinárias ;)
Bom domingo!

Josy disse...

Olá querida Marlyca, sempre tive curiosidade em experimentar, ou fazer esse prato, pois acho muito difícil de fazer em vista do que vejo nesses programas de culinária. Parece delicioso, e a maneira como vc explicou acabou com meus temores, quem sabe faço para qualquer domingo aqui e casa e surpreender a família. Ficou tão lindo. Gostei demais. Beijinhos, ótima semana

Josy disse...

Ah esqueci da falar, adoro Ralph Fiennes, já vi vários filmes dele, como A lista de Schindler, o Paciente Inglês, Harry Porter, o Jardineiro Fiel, Encontro de Amor, e por ai afora, acho um excelente ator, além de lindo né? kkkk Ja Josefh Fiennes quase não o conheço. Só assisti com ele Shakespeare Apaixonado e Beleza Roubada. Mas prefiro o Ralph kkkk. Beijocas

Nequéren Reis disse...

Postagem maravilhosa amei, tenha uma semana abençoada.
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

Nequéren Reis disse...

Postagem maravilhosa amei, tenha uma semana abençoada.
Canal:https://www.youtube.com/watch?v=EgeQXJjUpSQ
Blog: http://arrasandonobatomvermelho.blogspot.com.br/

Liliane de Paula disse...

Só gosto de carne mal passada.
Mesmo que não seja carne mole, ponho amaciante e faço mal passada.

Dos irmãos Fiennes nem sei qual o melhor.
O Ralph fez um personagem maravilhoso com Julianne Moore, em Fim de Caso.
Belíssimo filme e belíssimo livro de Graham Greene, que escreveu essa história de amor, vivida por ele.

Arione Torres disse...

Oi Marly, que delícia!!!
Adorei conhecer um pouco sobre esses irmãos tmb!
Vim lhe desejar uma ótima semana, beijos e fique com Deus!!

Juliana Torres disse...

Nossa não sei o que a melhor se a carne ou os personagens adorei saber um pouco mais, sempre é bom quando aprendemos um pouquinho. bj e otima semana.

Prata da casa disse...

Olá Marly: não me tinha apercebido que estes dois belíssimos atores eram irmãos, mas realmente são bem parecidos,rsrs.
Adorei a tua carne. Para além de muito saborosa, fica também muito bonita.
Bjn
Márcia

Pin It button on image hover