Google+ Followers

quinta-feira, 22 de outubro de 2009

Dois biscoitos e um adendo ao post anterior


Inicialmente em pensei em adiar esse post, pois ele alude às festas de fim de ano eu acho que já temos coisas demais a nos lembrar da corrida do tempo e da nossa (da minha, pelo menos) incapacidade de administrá-lo. Não faz muitos anos, a gente já se espantava, quando os lojistas - através de suas peças publicitárias - nos lembravam do Natal, no início de dezembro. Depois passaram a falar disso em novembro, agora, todos os shoppings centers e congêneres já decretam, no início de outubro, que o Natal será amanhã!  Não me entendam mal, eu adoro o Natal, mas do jeito que as coisas estão caminhando, não será surpreendente se as "agitações" natalinas, em breve, começarem em junho! Mas o fato é que é realmente em meados de outubro que eu começo a pesquisar e testar novas receitas de biscoitos, pois gosto de presentear com coisas feitas na cozinha, principalmente no fim do ano. Há meses eu vinha querendo fazer a Ciambelline, essa argolinha italiana, feita com vinho (e às vezes, também mergulhada no vinho, depois de assada). Esse é um biscoito que tem fãs ardorosos, tanto na Itália, quanto nos países de língua espanhola, que o chamam de "Roscos de Vino". Os roscos de vino, aliás, parece que são mais servidos no Natal, como as nossas rabanadas, sendo a guloseima natalina preferida de muita gente. Então, diante dos relatos e das afirmações de pessoas que dizem experimentar verdadeiras epifanias, ao mordiscar um biscoito desses, eu sou obrigada a admitir que esses petiscos têm de ser bons! Digo isso, porque não foi essa a impressão que tive sobre eles. É verdade que escolhi uma receita, entre dezenas! E entre todas as opções possíveis, escolhi uma em que os biscoitos levam fermento de pão! E aqui é preciso que eu esclareça que em muitas receitas não entra fermento algum! Meus biscoitos com esse fermento, porém, ficaram com uma textura maravilhosa, rijinhos por fora e macios por dentro! Mas o sabor, a meu ver, não ficou lá essa maravilha toda não! No dia em que foram feitos, achei-os até com sabor forte demais de vinho e azeite (sim, também levam azeite). Depois melhoram um pouco! Mas, a pessoa que postou a receita qualificou os biscoitos de "obscenamente saborosos". Outra pessoa, que postou uma receita ligeiramente diferente, chamou-os de "Viciantes"! Bem, talvez o problema seja eu! Vai abaixo a receita, para quem quiser experimentá-la. Quem preferir pesquisar e tentar outra, por favor, depois me conte o resultado. Por falar em publicar uma receita que não aprovei, já me falaram que essa não é uma boa política para um blog culinário, porque desencorajaria os leitores de testá-la. Mas eu acho que é esse, justamente, o diferencial existente entre um blog e um livro, ou revista de culinária, ou seja, o autor pode falar o que sente (rs). E para não deixar frustrados os que vierem aqui em busca da receita de um biscoitinho que aprovei, segue também (mais abaixo) a receita dos biscoitinhos de gengibre.

Ciambelline
(fotos acima)

Ingredientes
4 xícaras (chá) de farinha de trigo peneirada
1 e ½ xícara (chá) de açúcar
250 ml de um bom vinho tinto
200 ml de azeite de oliva
1 pacote de extrato de baunilha (como não sei o que é isso, usei gotas de essência de baunilha)
1 colher (chá) de fermento para pão (usei do seco, de envelope)
1 pitada de sal

Preaqueça o forno a 180ºC. Numa tigela, misture os líquidos e o açúcar com uma colher de pau. Adicione, pouco a pouco: a farinha, o fermento, a baunilha e o sal, misturando até obter uma massa ligeiramente úmida (mas não pegajosa), macia e suave. Deixe que a massa descanse, coberta, por cerca de trinta minutos. Enrole a massa em cordinhas de meia polegada de espessura e corte as cordinhas em rolinhos de 20 cm de comprimento. Una as pontas dos rolinhos e pressione os levemente em açúcar granulado. Disponha-os numa forma (não untei a forma, pois os biscoitos são ricos em óleo) e leve-os ao forno para assar (os meus levaram uns 25/30 minutos para assar).

Nota: Passei alguns dos biscoitos em açúcar colorido.

E agora os biscoitos de gengibre:
Biscoitos de gengibre

Ingredientes
½ xícara (chá) de manteiga
½ xícara (chá) de açúcar mascavo claro (bem comprimido na xícara)
¼ xícara (chá) de melado
Algumas gotinhas de essência de baunilha (eu sempre ponho no máximo umas oito)
1 ovo médio
2 e ½ xícara (chá) de farinha de trigo (mais um pouco para polvilhar a mesa e os cortadores)
½ colher (chá) de gengibre ralado (se não gostar dos fiapos, passe o gengibre ralado por uma peneira, antes de empregá-lo)
½ colher (chá) de fermento em pó
½ colher (chá) de canela em pó
1 pitada de sal
1 pitada de noz-moscada em pó

Preparo

Na batedeira, bata (em velocidade média): a manteiga, o açúcar, o melado e a baunilha até ficar claro e fofo. Acrescente o ovo e bata até misturar bem. Em separado, misture: a farinha, o fermento, o gengibre, a canela e a noz-moscada. Junte tudo à mistura da batedeira. Misture com uma colher e depois ligue a batedeira em velocidade baixa, para acabar de misturar. Faça uma bola com a massa, divida-a em dois discos e envolva-os (separadamente) em filme plástico ou ponha cada um dentro de um saco plástico. Leve-os à geladeira por 1 hora ou por uma noite. No momento de preparar, ligue o forno à temperatura de 180ºC. Unte e enfarinhe um tabuleiro e reserve-o. Tome o primeiro disco (deixando o outro na geladeira), abra-o com um rolo, em superfície levemente enfarinhada. Corte os biscoitos com cortadores próprios (enfarinhando de vez em quando os cortadores).  Disponha os biscoitos no tabuleiro e leve-os forno por 10/12 minutos ou até que fiquem com a parte debaixo corada.enquanto isso, proceda da mesma maneira com o segundo disco de massa. Depois de assados, transfira os biscoitos para uma grade, para esfriarem.

E por último, mas não menos importante: descobri uma receita de rosca doce, nesse blog, muito semelhante à que publiquei no post abaixo, mas que produz uma rosca mais macia e saborosa. A minha receita resultou da combinação de duas outras, encontradas no livro abaixo e em outro (veja foto). Veja também abaixo, as fotos dos pãezinhos fofos e saborosos feitos com a receita da Marta. Espero que você leia isso, viu Marina?



19 comentários:

Sarinha disse...

Marly Querida, que coisa linda esses biscoitos!
Amei as duas receitas!Achei um charme passados no açúcar colorido! E os biscoitos de gengibre, como fez pra "colocar" aqueles desenhos em cima?!?! Lindo!!!Parabens!

Tenho o hábito de fazer biscoitos para presentear amigos no Natal! Vou fazer os seus!

Bjos

Carol disse...

Marly, minha filha ia adorar os biscoitinhos rosinhas. E os de gengibre são os meus prediletos. Beijão

Mary disse...

Marly querida, vocês não quer se mudar para Portugal e ser minha vizinha? :)
Adorei os biscoitos, os primeiros com baunilha estão lindíssimos, esse açúcar colorido é perfeito para festas de crianças (e adultos, pois claro)!
Os de gengibre eu também sou fã, adoro esta raiz nos doces e francamente, hoje me apetece furar o ecrã e tirar uns quantos para me deliciar...hehehe
Adorei as receitas! :)

Pam disse...

aii que delicia de post, adorei, fiquei morrendo de vontade de fazer biscoitos, acho que vou tentar neste natal, nunca fiz antes, mas seu post me encorajou...ah e adoro os seus posts mega sinceros, faz o seu blo ser mega especial...:)
beijinhos

Cherry Blossom disse...

Que lindos! Sorte de quem vai ganhar um pacotinho cheinho desses biscoitos!Vou levar mais essa receita comigo. (mas venho copiar depois)
Sabe Marly, eu adoro o clima de fim de ano, mas também morro de medo de andar por aí na cidade e de repente ver produtos e enfeites natalinos na vitrine. Ontem, mesmo à noite enquanto fazia minha caminhada esse assunto me veio à mente. Tenho medo que o ano chegue ao fim logo por que ainda não estou nem perto de concluir meus projetos e ao mesmo tempo começo a me animar com a chegada dos festejos que tanto gosto. E vou vivendo esse paradoxo...

Quanto a publicar receitas que não foram aprovadas, acho muito relativo, se for a torta de banana, eu senti muita vontade de experimentar mesmo você achando que ficou muito doce, por que sei que você não gosta de coisas muito açucaradas,mas eu sim!...ahahah..então sua opinião não me influenciou em nada!..(só não fiz por que procurei lá e não achei, acredita nisso).

Eu mesmo tenho um projeto de publicar uma série de posts sobre “quando a foto ficou linda e a comida não!...ahahahah..Eu já estou colecionando algumas!...
Beijoca!


(..isso aqui virou um capítulo...de que novela eu não sei)

Abobrinhas na Cozinha disse...

Uau!!!! Que maravilha esses biscoitinhos! Comia um montão desses...fácil, fácil...hahahaha
Lindos!!!
Beijocas!

...Noêmia! disse...

Sabe, Marly! A minha avó paterna era espanhola. Imigrou para o Brasil quando tinha 8 anos. Todo natal ela fazia uma Rosquinha de Pinga, para levar à casa dos filhos, que eram 4. Ela sempre dizia que 'na terra dela' as rosquinhas eram feitas com vinho.
Coincidentemente, a Talita do Chocorango postou as rosquinhas esses dias.
Eu adoro as de pinga, mas nunca provei as de vinho.
Os biscoitos de gengibre estão tão lindos!
E quanto a falar o que pensa das receitas, acho muito certo e esta a minha política!
Parabéns! Arrasou!
:o)

ameixa seca disse...

Acho que também vai do gosto de cada um. Para uns é muito bom e outros não gostam :) As rosquinhas ficaram bem bonitas com o açúcar colorido :)

Marina Guimarães disse...

eu vi sim, obrigada. em breve vou testar umas roscas e espero que tenham gosto de infância.
gosto muito de receitas de biscoitos e bolos com gengibre. vou por esses biscoitos na minha lista.

;)

Talita disse...

Oi, Marly! Quanto capricho! Fiquei muito feliz ao saber que você ficou com vontade de fazer essas rosquinhas porque viu as de pinga no Chocorango.

Gostei demais dessas rosquinhas e dos cookies. A apresentação ficou um espetáculo!

Um beijo, querida

♥ mesa para 4 disse...

Que biscoitos lindos .D me manda um saquinho vai hehe :*

Sónia Meirinho disse...

estão todos tao lindos!!! que jeito que tens!! adorei. beijinhos

Marly disse...

Sarinha,
Obrigada, querida!
Os desenhos foram feitos pressionando os discos do "dispára biscoitos" na massa. Eu pretendia fazer os biscoitos no "dispára biscoitos", mas a massa era firme demais para isso. Então, quase brincando, pois eu estava conversando com minha filha no momento, comecei a "desenhar" nos biscoitos que já estavam na forma, para serem levados ao forno (hahaha).
Beijinho

Carol,
Realmente, as crianças "comem" mais com os olhos do que os adultos; e com uma simples decoração como essa, os biscoitos ganham outra "cara", né?
Beijinho

Mary,
Acho que se fôssemos vizinhas íamos nos divertir muito. Mas pode ser que também engordássemos além das medidas (hahaha).
Beijinho

Pam,
Obrigada pela visita, comentários e elogios!
Beijinho

Cherry,
Eu gosto que você expresse os seus
pensamentos (acho até que você deveria transformá-los num livro!).
Quanto à questão dos gostos e preferências, você tem muita razão. Tem tanta razão, que eu até decidi tirar do post, o link do blog de onde tirei a receita, para não ser indelicada com a autora. Eu refleti, e vi que essa própria receita pode ganhar um sabor diferente, com outros ingredientes. A simples troca do vinho, por exemplo (por um mais doce e aromático) pode fazer um biscoito bem diferente, não é verdade?
Beijinho

Thais,
Obrigada!

Nô,
Refletindo um pouco, percebi que eu nem deveria já ter dado uma opinião sobre essas rosquinhas, pois são muitas as pessoas que as amam; o que mostra que elas são boas! Dependendo dos ingredientes (como você, cozinheira experiente, bem deve saber), a gente obtem um resultado diferente. Eu usei um vinho muito seco e isso, certamente influenciou o sabor.
Eu tinha visto a postagem da Thais. Por coincidência, parece que pensamos nessas rosquinhas ao mesmo tempo!
Beijinho.

Ameixinha,
Pois é. E eu estou achando até que se mudar alguns ingredientes, obterei uma rosquinha deliciosa!
Beijinho

Marina,
Ainda bem que você chegou a tempo de escolher uma receita melhor, para o seu pão.
Beijinho, querida.

Talita,
Eu vinha pensando em fazer (e pesquisando) essas rosquinhas há algum tempo, quando você publicou as suas. Isso me inspirou a botar logo a mão na massa! Obrigada pelos elogios; vindos de você, tão caprichosa, são especiais!
Beijinho

'Mesoca',
Se tivesse como, eu lhe mandaria um saquinho com prazer. Obrigada pela visita e comentário.
Beijinho

Sónia.
Obrigada! Já estava sentindo a tua falta aqui!
Beijinho

Ana Powell disse...

Para além de deliciosos ficaram bem lindos.
Adorei a apresentação x

Anônimo disse...

Frank Kern is hillarious http://www.imdb.com/name/nm0449450/ Fundpopog [url=http://frankkern.com/]frank kern[/url] Stype Mass Control 2 Frank Kern Scam Frank Kern For you and what you are truly passionate about.

Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Anônimo disse...
Este comentário foi removido por um administrador do blog.
Pin It button on image hover