Google+ Followers

segunda-feira, 12 de agosto de 2013

Eu respeito, tu respeitas, ele respeita, será? - Blogagem Coletiva






"O respeito é a alma do progresso, e o porto seguro das grandes aspirações da humanidade"
- Bryant McGill , Voz da Razão

" O que fazemos aos outros, fazemos a nós mesmos."
- Bryant McGill , Voz da Razão


Imagine a seguinte situação: você está folheando um antigo caderno de receitas de sua mãe, já amarelado e com algumas folhas soltas, quando depara com uma receita na qual ela  escreveu a seguinte nota: “depois de ter feito este prato algumas vezes,  fiz esta e esta mudança e acho que ele ficou muito melhor”.
Você publica a receita, com os ajustes feitos por sua mãe, no seu blog, e ela imediatamente é – digamos – assimilada por um monte de gente. Não muito tempo depois, você encontra a mesma receita publicada num outro blog, sem qualquer referência à fonte original, que foi o seu blog, estando o blogueiro  (a) visivelmente assumindo a coisa toda como se pertencesse a ele (a).  Outras vezes a receita já está sendo atribuída – por vários blogs -  a um outro blogueiro, cujo blog você sequer conhece.  A pergunta é: isso é certo, é ético, ou por que as pessoas fazem isso, se a compensação para este pequeno delito muitas vezes não passa de um simples elogio?  Outro abuso frequente, feito com a intenção de desfigurar a receita original, é o que envolve pequenas alterações nas mesmas, nas medidas, por exemplo: de gramas para xícaras e vice-versa e também ajustes variados, mantendo-se, porém,  a estrutura delas, já que é esta que garante o sucesso do prato.
No que se refere às receitas traduzidas, blogueiras e blogueiros da “velha guarda” (muitos agora com os blogs encerrados) já nos advertiam para a malandragem de outros blogueiros, que não se cansavam de lançar mão de receitas que eles traduziam, assumindo-as como “públicas”. E aqui tenho de fazer um parêntese para explicar que a tradução de receitas -  e métodos! - não envolve somente a passagem dos mesmos de uma língua para outra, mas implica também ajustes, cálculos, adaptações etc., porque o povo da língua original usa outras medidas, para todos os parâmetros: peso, comprimento e temperatura, a maioria delas “quebradas”, como é o caso da onça, que equivale a 28,35 gramas. E isso sem falar dos produtos substituídos, pois muitos dos originais não são encontrados em nossos mercados.
Outro ponto que não posso deixar de mencionar são os esforços ansiosos, feitos por alguns blogueiros, no sentido de “fazer seguidores” e incrementar o número de visitação da página, como se isso, por só, tornasse um blog bom. Pois eu lhes digo: Pessoalmente estou me lixando para os números, conheço blogs muito bons que têm números modestos. E isso justamente porque os donos deles se preocupam muito mais com o conteúdo dos mesmos do que com o sair por aí engambelando gente incauta, a fim de “melhorar” os números dos seus blogs.
Mas as coisas têm sido assim e – infelizmente – só tendem a piorar, pois os costumes sociais, como tudo no mundo, tendem a ampliar, pois as pessoas seguem o exemplo, uma das outras. Então eu pergunto a você que tem feito coisas assim, de modo talvez até inconsciente, você não acha que já é tempo de adotar uma conduta mais correta? Veja que ninguém proíbe ninguém de reproduzir uma receita ou método, e a única coisa que a educação e os bons costumes exigem é que “seja dado a César o que é de César”, isso é: seja dado o crédito a quem de direito!  Isso não diminui o mérito de quem reproduziu a receita, já que este sempre será medido tomando-se por base o trabalho feito. Então, por que haveríamos de agir como delinquentes, se no fundo todos nos consideramos pessoas honestas?  Para viver bem a gente precisa viver com coerência, e a maior expressão da coerência é, na minha opinião, não fazer aos outros aquilo que não queremos que nos façam. É simples!  

Participam também desta blogagem:

37 comentários:

Jussara Silva disse...

Post perfeito. Por isso que ao criar o segundo blog que é o de culinária, optei por postar receitas testadas mas que sejam dos meus cadernos de receitas e quando é feita até por alguém da família eu cito. Rsrs. Quanto aos seguidores, muitas vezes para ter uma parceria a empresa exige um certo número de seguidores, mas isto não justifica consegui-los de qualquer modo. Respeito é tudo, no real e no virtual. Podemos alcançar metas com honestidade e respeito.
Bom dia e uma ótima semana.
Bjs.

Tânia disse...

Bom Dia Marly!
É isso mesmo, você tirou a palavra certa: "delinquente".
Por enquanto ainda sem leis específicas que combatam esse crime. Mas por enquanto. Eu já soube de pessoas que se deram muito mal em usar material alheio sem autorização na internet.
Eu estou reunindo os plágios.
Esse negócio de fazer o que quer porque não vai dar nada está com os dias contados.
Beijão amiga, amei o seu texto!

angela disse...

Marly, tudo isto é muito triste, infelizmente muitos se acham espertos, espertos demais. post perfeito. bjs

Andréa disse...

Marly querida,
infelizmente existe muitos'delinquentes" e oportunista por aí.
Reproduzir receitas e dizer de onde elas vem é super normal pois todos nós ficamos muitos agradecidos em ver as receitas sendo testadas e aprovadas pelas amigas (os). Mas pessoas de má fe´usar as fotos e as receitas dizendo que são delas assim não dar, é muita falta de respeito.

Bjs, ótima semana!

Gina disse...

Oi, Marly,
Não é possível ver tudo isso calada. Precisávamos mostrar nossa indignação por essas atitudes equivocadas.
Você foi bem no detalhe, mostrando claramente o que a incomoda.
Muito bem, Marly!
Bjs.

✿ chica disse...

Muito legal tua participação e dasebado e é bom colocar pra fora e os pontos nos "i"s...

beijos,chica e linda semana!

Kati Monteiro disse...

Marly,
apoiada!
Também acho essencial citar as fontes do que fazemos, afinal é isto que nos dá credibilidade (como já foi dito, tanto no real quanto no virtual).
Vamos denunciar os plágios e zelar por uma internet mais justa.
Beijos

Sol Pâtisserie disse...

Concordo plenamente contigo, é completamente falta de caráter dessas pessoas que querem SUBIR NA VIDA custe o que custar, infelizmente nos deparamos com inúmeros blogs e páginas no facebook que piratam receitas de outros blogs e infelizmente nada parece ter efeito para pará-los, mas por outro lado temos sempre a honra de ver nossas receitas reproduzidas em blogs amigos e até de desconhecidos dando todos os créditos devidos, e saber que as nossas receitas foram provadas e aprovadas isto não tem preço, sintam-se super apoiadas por mim neste desabafo, beijos amiga !!!

Renata disse...

Fiquei feliz em fazer parte deste coro, Marly! Ótimo post, direto ao assunto! Obrigada pelo convite!
BJsss

Marisa Vlasic disse...

Perfeito Marly, super direta e verdadeira, adoro a forma como você se expressa. Infelizmente convivemos com a falta de ética e a falta de respeito em ambos os mundos, tanto o real quanto o virtual sendo que no virtual fica ainda mais difícil de combater esse tipo de crime.

Mas ao mesmo tempo é muito bom ver que ainda existem pessoas como você e como muitas outras que vemos diariamente na blogosfera, que são íntegras, se respeitam e valorizam o trabalho realizado com ética.
Quando comecei nesse mundo dos blogs, o seu foi o primeiro que comentei e não somente pelas receitas e pelo maravilhoso blog, mas por você ser essa pessoa que tanto admiro!!

Muito obrigada por mais esse post minha querida amiga, sou sua fã!!

Beijocas

Ivani disse...

Oi Marly, voce é muito calma, muito educada!
Disse tudo o que precisava dizer sem sair do tom, sem chutar o balde!
Meu Deus, faz quanto tempo que voce vem reclamando dessas pessoas incapazes e tristes?
Já não chega?
Manda todo mundo "praquele" lugar ...
Quando que esses "delinquentes" vão entender que isso é falta de respeito e de educação?
Pra não dizer o pior, que é falta de vergonha na cara.
Bom, já desabafei, detesto isso e não aceito, portanto sofro por você.
Falta de criatividade é tão feio...
beijo.

Zulmira Borges disse...

Olá Marly!

Concordo e aprovo com tudo que foi dito no seu post!
Eu até gostaria de ter meu blog sobre artesanato, reciclagem, decoração e jardinagem, que são coisas que gosto muito,mas vendo vários blogs, comentando em alguns, confesso que fiquei frustrada, decepcionada com o verdadeiro interesse de algumas, não digo todas blogueiras, e os "barracos" então sem comentários, deixei de seguir, blogs que só tinha fama, e estão na mídia, mas conteúdo bom mesmo, só cópias de blogs gringos.
Seu blog tem fotos lindíssimas, mesas lindas de se ver, e coisas deliciosas de se copiar a receita e fazer.
Tenha uma semana de conquistas e bençãos!

Zulmira Borges disse...

Olá Marly!

Concordo e aprovo com tudo que foi dito no seu post!
Eu até gostaria de ter meu blog sobre artesanato, reciclagem, decoração e jardinagem, que são coisas que gosto muito,mas vendo vários blogs, comentando em alguns, confesso que fiquei frustrada, decepcionada com o verdadeiro interesse de algumas, não digo todas blogueiras, e os "barracos" então sem comentários, deixei de seguir, blogs que só tinha fama, e estão na mídia, mas conteúdo bom mesmo, só cópias de blogs gringos.
Seu blog tem fotos lindíssimas, mesas lindas de se ver, e coisas deliciosas de se copiar a receita e fazer.
Tenha uma semana de conquistas e bençãos!

Prata da casa disse...

Olá Marly: concordo plenamente com o seu post. "A César o que é de César" resume tudo. O que é que custa dizer de onde se retirou a receita? O respeito pelo trabalho do outro é muito importante.
Bjs
Márcia

Rachel disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Rachel disse...

Você citou muito bem todos os pontos que nos incomodam nas atitudes que alguns blogs/pessoas insistem em continuar praticando.
É preciso estarmos unidas para delatar, rechaçar e punir quem comete esse ato.
Ás vezes me sinto desanimada e acho até que nunca terá fim, mas sei que não posso pensar assim e tenho de continuar brigando, no momento estou em guerra com 2 sites por conta de postarem foto minha sem nada de crédito...
Por que não me falou sobre a blogagem, teria participado com o maior prazer.
Parabéns pela iniciativa!
Bjuss!!!

Adriana disse...

nossa perfeito Marly , já passei por situações de reconhecer minhas fotos e a pessoa grosseiramente apagar o nome do blog em cima da foto, é muito triste né? bom estou voltando novamente ao meu blog e sinceramente muito triste com essa situação especialmente por vc ser uma pessoa tão generosa, suas receitas são super explicadas e toda vez que tive dúvidas vc respondeu prontamente com carinho, não precisamos de pessoas assim não é mesmo? sem ética e nem moral nenhuma,vc tem meu total apoio, beijos querida e uma semana abençoada.

Liliane de Paula disse...

Entendo vc, Marly que se esmera muito para nos oferecer receitas boas e bonitas(nas fotos). Entendo sua chateação e sua revolta.
Como não visito muitos blog de receitas, não observei plágio.
Mas deve ter sim. Até porque acredito em vc.
Penso que aqui, nesse país, onde me sinto uma estranha, plagiar não deve trazer qualquer remorso.

Ciane disse...

Marly, adorei o desabafo. A algum tempo atras aconteceu comigo e o pior que essas pessoas nao tem vergonha mesmo! E continuam por ai e se mostrar como vitima ou sendo a "coitadinha"!
Mas é o lado ruim desse mundo virtual. Ninguém pode ver o caracter dos outros através das telas do computador!
Beijos e boa semana!

Receber e Celebrar disse...

Oi Marly!! Puxa, que chato. Eu sinto muito pelo que aconteceu e que, infelizmente vai continuar aontencendo... A gente está sempre citando a fonte, fazendo referência, mas acho que a maioria das pessoas não é assim, né? Sabe que uma vez fiquei MUITO chateada quando vi uma foto do Receber & Celebrar em outros blogs e sites de culinárias com a minha marca d'água apagada e a foto atribuída a outra pessoa. Tão descabido, né? Apagar a marca d'água é delinquente também... Mas vamos fazendo nosso conteúdo. O lado bom da vida blogueira supera o lado ruim. Beijos e uma ótima semana. :)
Mel

Executiva de Panela disse...

Solidarizo com vocês contra o plágio - coisa horripilante.

Josy disse...

Marly querida seu post como sempre perfeito. Sei e já vivi com você esse abuso muitas vezes em seu blog. É lamentável, inconveniente e revoltante elaborarmos algo que nos pertence, nos dedicarmos, com carinho, atenção, comprometimento e respeito pelos nossos leitores e depois sermos plagiados descaradamente, e o que é pior, ouvir da pessoa que nos copiou, dizer que copiou por que nos admira. Na minha opinião admiração dessa natureza é admiração suja, escrota, repleta de inveja de uma pessoa que não entendeu ainda que plágio é um atestado de burrice e falta de caráter. Parabéns pela iniciativa. Beijinhos

Heloísa disse...

Marly,
Respeito é bom, é essencial nas relações humanas. E está ligado à ética, que também está muito esquecida nos dias atuais.
Beijo.

Pepa disse...

Marly, teu post como sempre mega !!

Eu concordo, assino e dou fé, rsrs

Fiz um post falando sobre isso também, acho que se nos unirmos, isso pode acabar, é inadmissível que as pessoas continuem a fazer o errado e os que tentam andar na linha sejam sempre tratados como sovinas e egoístas !!!

Acho que nunca comentei, mas sou fã desde que conheci, rsrs

Bjus 1000

Jussara Neves Rezende disse...

Marly,
comentei lá com a Pepa, antes de vir ler seu post, que falar mal da corrupção é voz geral, mas poucos notam o quanto se corrompem com facilidade. A educação que recebemos, de não fazermos para o outro o que não desejamos que nos façam, parece ter se perdido, mas é preciso urgentemente resgatá-la. Seu post - perfeito - é um importante alerta e, simultaneamente, um bom puxão de orelha para quem age como delinquente.
Abraço!

Luciana. disse...

Oi Marly! Muito boa a postagem. Eu gosto demais de experimentar uma receita que foi produzida e mostrada em um blog que gosto, pois sei que deu certo e tem grande chance de dar certo comigo. Com toda certeza é uma grande falta de respeito não citar quem fez ou postou.
Já vi muitas amigas principalmente de artesanato terem seus trabalhos publicados como se fosse de outra pessoa, muito triste.
Bjos, Lú.

Fernanda Reali disse...

Vim lá do Tacho da Pepa pra dizer que concordo com os posts de vocês. Produzir conteúdo próprio é difícil,requer pesquisa, leitrua, vivência, redação, fotografia, edição, por isso cresce a pirataria. Onde falta a competência, sobra a pirataria, a apropriação do conteúdo alheio.

Meu blog é feito para me divertir e para relatar meu cotidiano, não quero ter estresse, só alegrias ali, mas confesso que me estressei e perdi amizades por reclamar dos roubos de imagem e conteúdo que essas blogueiras "amigas" fazem.

FIZ UM POST SOBRE O CONCEITO GANHA_GANHA. Se tiveres um tempinho, vem ler http://www.fernandareali.com/2012/09/o-conceito-ganha-ganha-dicas-para-blogs.html

bjs

Bia Jubiart disse...

Bom dia Marly!

Te vi no Tacho da Pepinha. Infelizmente até na net roubam, o roubam o direito de vc ser você! Acredito que deveria ter uma ética básica sobre esses direitos óbvios no mundo virtual. Só denunciar não basta mais...

Tenha um dia luz!

Voltarei com mais tempo p/ ver as receitas, adoro cozinhar, tenho um tema no meu bloguito de "comidinhas", imagens e textos, tudo autorais.

Bjosssss

Paula Mello disse...

Marly, também estou nessa, quem nunca passou por isso levanta a mão aí!!

beijoooo

Adriana Balreira disse...

Marly,
Muito bom esse seu post. Uma vez vi vc reclamando disso também aqui no seu blog. E também acho ridiculo esses blogs que pegam se apoderam de receitas, fotos, e nem mesmo coloca de onde tirou. Simplesmente inaceitável!
Beijos
Adriana

Minha vida de campo disse...

Olá, esse é um belo assunto. Tu sabe que tenho uma amiga e ela faz coisas lindas, ela me disse que não posta por que roubam a ideia dela e dizem que são deles. Hoje em dia isso dá processo. Te informa e faz a pessoa se retratar.
Bjos e tenha um ótimo dia e não fique muito triste, deixe que um mais ignorante que essa pessoa de uma lição neste usurpador.

Zizi Santos disse...

Marli
meu blog está sem um arco iris por lá!
(mimimi)
Compreendo muito o que se passa nessa internet de pessoas sem escrúpulos
Alguém citou a lei 9.610 de 19/02/1998 você conhece?
eu ainda nao pesquisei.

bjss Zizi

Luma Rosa disse...

Oi, Marly!
O google tem sido meu grande parceiro na questão plágio quando o blogue que copia é do blogger. Infelizmente no wordpress a coisa é lenta e tive que usar do serviço de um advogado para retirar um texto meu naquela promíscua ferramenta. Em caso de direitos autorais, o blogger indica o advogado que cobra um valor simbólico quando o texto é copiado nos EUA onde fica o domínio blogspot. Aqui no Brasil, os portais também copiam na cara dura e ainda colocam um anti-cópia em seus textos, como se fosse original deles. É estranho; eles copiam mas não querem ser copiados.
Você se lembrou da sua mãe e eu lembro da minha mãe também com relação às receitas. Ela me deixou um caderno que entregou longe dos olhos da minha irmã (Lógico que ela também deu um caderno de receitas para a minha irmã), as mães gostam desses segredinhos entre filhas. Mas o que me lembro bem, foi ela dizer que não era para dar a receita para ninguém e fazer como ela sempre fez - Se alguém em casa gostava do que comia, ela passava a receita errada - Então você faz assim, quando o ingrediente for alecrim, você manda botar alcaçuz... Imaginou se fizesse isso no blogue?
Amoreco, não disponibiliza feed completo. A maioria que copia não tem o trabalho nem de acessar o seu blogue, copia por lá mesmo!
Até quando vai a blogagem? Sabe que no "Luz" também está rolando uma... então não posso me comprometer. Como você também me indigno e já fiz posts sobre o assunto e nunca é demais!
O fato é que enquanto não apontamos publicamente o plagiador, ele continua e faz que não ouviu as nossas reclamações. Vamos boicotar esse povo sem noção! Se for do blogger, me passa o link :) eles tremem quando ficam sabendo que seus bloguitos podem sair do ar!!
Beijus,

Arione Torres disse...

Oi querida Marli, que linda postagem, adorei! Respeito é tudo!!
Plágio é só falta de criatividade daqueles que têm preguiça de pensar!
Tenha uma boa semana, beijos!!

Rosa Santos disse...

Olá Marly!
Ainda não estou a publicar, mas vou visitando as cozinhas favoritas e fiquei chocada com um mal que parece aumentar na nossa blogosfera. Se plágio é crime porque a google não pode actuar, aqui era bem acolhida a ajuda. Quanto a mim quem plagia devia ter o seu nome bem legível em algum lugar para os conhecermos.
Beijinho

Novelo da Mitinha disse...

Oi,amiga Marly!!!

Depois de muito tempo estou fazendo um comentario no seu lindo blog.
Apos um intervalo em que estive doente e que nem sabia,voltei a ativa.
E esta semana foi feriado aqui na ilha,com muito calor(40 graus).
Bem li a sua postagem e os comentarios,fiquei muito chocada com o que esta acontecendo na blogosfera.
Na minha opiniao,o que faz ter muitos plagios sao os anuncios que ha nos blog.
Na minha logica...por exemplo:a pessoa quer um dinheirinho extra.A pessoa nao sabe fazer um artesanato ou nao e chegado a cozinhar,mas quer fazer um blog de qualquer jeito para colocar os anuncios e faturar um dindim,ne?
Ora bolas,e muito facil...e so pegar as receitas de outros,montar um blog assim e assado e colocar os anuncios.
Pronto,um pe-de-meia esta feito para o malandro(a).
E claro que tem gente batalhadora que faz e apresenta seus trabalhos e tem os anuncios.
Um NAO ao plagio.
Beijao e um lindo final de semana.

Katia Bonfadini disse...

Marly, sou completamente solidária a você e concordo com tudo o que escreveu. Essa semana mesmo tive uma ilustração, que fiz de forma exclusiva para uma cliente, plagiada e usada para representar a dona de um certo blog, que era advogada! Fiquei pasma, uma advogada que não sabe que plágio é crime???? E falsidade ideológica? A criatura chegou a fazer um post sobre a criação da ilustração, a atribuindo à sua màe!!!! Minha cliente me avisou da situação desagradável, entramos em contato, compartilhei o caso na minha página do Facebook sem dar nome aos bois e a "advogada" me escreveu pedindo mil desculpas bem daquele jeito "eu não sabia, foi sem querer". É claro que nào acreditei, mas achei melhor encerrar o assunto e esfriar a cabeça. Esse tipo de injustiça mexe muito comigo e me deixa desiludida com o ser humano. Como eu amo criar e odeio copiar, não entendo qual o prazer que vem do plágio, da apropriação do trabalho alheio e de um elogio não merecido. Mas, enfim, fico feliz que na blogosfera ainda existam muitas pessoas como você! Um grande beijo!

Pin It button on image hover