Google+ Followers

quarta-feira, 28 de agosto de 2013

Pudim de leite: o que faz ter furinhos (ou não?) e mais algumas coisas.



 Olá, gente! Meu marido é fã de pudim de leite e no último fim de semana me pediu que fizesse um. Esta é a sobremesa que ele sempre pede nos restaurantes, e eu só não a faço com mais frequência porque acho que ele precisa perder uns quilinhos, rsrs. A versão preferida dele é a que leva leite condensado, então fui fazer uma pequena pesquisa para averiguar se existe mesmo diferenças significativas entre os pudins feitos com e sem leite condensado. Em minha infância esse pudim não levava leite condensado, só leite, ovos e açúcar,  e  era, na verdade, o "crème caramel" francês. Talvez seja esta a razão de as minhas tias e avó o chamarem de "creme" e não de pudim, rsrs.


E não é que existem mesmo diferenças entre as duas versões desse doce!? Nesta coluna (Paladar) do estadão, do dia 27 de julho de 2011, escrita pela Nana Tucci, descobri que ela e outras pessoas submeteram-se a um teste para eleger o melhor pudim de leite. Provaram nada menos que 50 versões dessa sobremesa. O eleito foi o que levava leite condensado (caseiro), não tinha furinhos e fora feito em banho-maria! O meu pudim sempre sai como o da foto, então eu estava intrigada com a questão dos furinhos, pois os especialistas dizem que bater demais os ingredientes é uma das causas do aparecimento deles, que resultariam das bolhinhas de ar incorporadas à massa durante o batimento. Mas eu bato a minha "massa" no liquidificador! A outra causa dos furinhos é - segundo eles - a alta temperatura do forno, que tem de ser superior aos 200º C, para produzir os furinhos. Bem, tenho que admitir que não bato demais os meus ingredientes, só o suficiente para misturar tudo. E jamais assei meus pudins em temperaturas superiores a 180 - 200ºC. Este pudim da foto foi feito com os ingredientes dobrados, pois eu queria um pudim grande. Por isso mesmo tive que misturar parte da massa fora do liquidificador, que não comportava tudo. A minha receita é esta:

Pudim de leite condensado à minha maneira
(use a lata ou a caixinha do leite condensado como medida para o leite)

Ingredientes

2 latas(ou caixinhas) de leite condensado (395 g cada uma)
3 latas (ou caixinhas) de leite de vaca integral (não desnatado)
6 ovos
Gotinhas de extrato de baunilha (coloquei oito gotas)

Caramelo

2 xícaras de açúcar
1 xícara de água

Preparo do caramelo

Numa panelinha, leve o açúcar ao fogo e deixe caramelizar. Não mexa e cuide para que não queime, pois a calda queimada tem gosto amargo. Caso tenha ficado algum açúcar pelas paredes da panela, você deve passar um pincel -  sem uso e molhado em água - neste açúcar, ou ele queimará e também irá deixar a calda amarga. Quando o açúcar se dissolver e ganhar a cor de caramelo, acrescente a água fervente (aos poucos, pelas beiradas e sem tirar a panela do fogo; cuidado, pois a água espirra). O açúcar vai ficar com grumos e você vai deixar que os mesmos se dissolvam, controlando a chama do fogão e sacudindo a panela, para que não queime. Não mexa a mistura (não muito, pelo menos, ou a calda vai virar uma pasta; o máximo que você deve fazer para quebrar os torrões é dar umas cutucadas neles, rsrs). O açúcar vai se dissolver novamente e, minutos depois,a calda vai começar a borbulhar. Quando começar a engrossar, tire uma meia colherzinha de chá e jogue-a num pires com água. Quando esta calda não dissolver na água formar e uma bolinha, não muito dura, que pode ser apanhada com as pontas dos dedos, a calda estará pronta e você deve derramá-la na forma, começando pelas "paredes" do tubo do centro e espalhando pelas laterais e fundo. Gire a forma para que a calda se espalhe (use luvas para fazer isto, pois a calda de açúcar é quentíssima).

Preparo do Pudim

Bata no liquidicador: o leite condensado, os ovos, a essência e uma lata de leite. Misture  (com um fouet) o batido no liquidificador aos ingredientes restantes, numa tigela grande. Ponha a mistura na forma preparada (tem de ser grande, com capacidade de 2 litros, pelo menos. Mas não use uma grande demais para que o pudim não fique muito baixo). Leve a forma ao forno, à temperatura de 180ºC, por cerca de 1 hora e 30 minutos. 

Nota: Para que o pudim não quebre, ao ser desenformado, espere que ele esfrie e ponha o prato em que vai servi-lo sobre a forma. Depois vire o prato com a forma de uma só vez. Tire a forma devagar, para que o ar vá entrando pelas laterais, e o pudim se solte. 


Outros assuntos:

Recebi um comentário, in box, no meu Facebook, dando conta de que fui acusada indiretamente de ter decorado alguns docinhos com enfeites feitos de massa de biscuit. Afirmo aqui que não faço isso! Os enfeites que uso são todos comestíveis, feitos em casa ou como os da foto. Caso venha um dia a usar enfeites de outro tipo direi aqui que fiz isso!



 Quero também avisar que vou me dar uns dias de pausa, aqui no blog, para resolver um monte de tarefas pendentes. Devo voltar no início de setembro, não percam o próximo post, que deve falar sobre objetos para uso e decoração de mesas. Até lá!



39 comentários:

Érika Guedes disse...

Oi =)

Jesus! Qualquer um saí de dieta com essas fotos *-* Amei!

Te convido a participar do Super sorteio de maquiagens

Aguardo sua visita. Estou seguindo.

Beijos Girl Supimpa

Leonor Cerveira disse...

Olá...........
Que aspecto divinal :).....
Beijocas
Leonor

http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

Leonor Cerveira disse...

Olá...........
Que aspecto divinal :).....
Beijocas
Leonor

http://nacozinhadaleonor.blogspot.pt/

Patricia Merella disse...

Ola Ma
Eu também amooooooo pudim de leite.Desde pequena aprendi com minha avó,uso uma lata de leite condensado e duas de leite e 3 ovos.Asso sempre em banho maria a 200 graus e como sou Baiana e amo coco,sempre rego m cima antes de assar umas 100 gramas de coco ralado desidratado,as vezes n uso,mas cá em casa faz sucesso,os Belgas,sem falar no marido é fã.Suas fotos estão divinas.Sentirei saudades,que tudo corra bem por ai,linda noite,beijinhos

Licia Dutra disse...

Adoro pudim e faço sempre com leite moça,o meu sempre fica com furinhos,mas eu como e nem me importo com eles rsrs...mas o que me incomoda é o cheiro de ovo que sempre fica,já coloquei gotinhas de limão,já peneirei as gemas como me ensinaram,mas nada resolveu.Se você souber me conta!Bjsss.

Prata da casa disse...

Olá Marly: que delícia de aspeto tem esse pudim. Amiga: com furinhos ou sem eles, digo-te que o comia de qualquer maneira,rsrsr ( sou mesmo gulosa!!),mas na verdade, o teu pudim está maravilhoso!!
Bjn e bom descanso
Márcia

deborah ferreira disse...

Olá , nossa eu amo pudim de leite , mas não sabia que tinha tanta técnica para fazer , eu bato tudo no liquidificador , coloco na forma e levo ao fogo na panela de fazer pudim mesmo .
Mas vivendo e aprendendo , vou testar igual a reportagem , depois te conto.

Bjs,

Deborah (Blog amore com cuore)

Kati Monteiro disse...

Marly,
eu jà tinha ouvido falar sobre o tempo de liquidificador e a temperatura do forno para que o pudim fique ou não com furinhos, mas nunca testei.
Verdade que aqui na França, a sobremesa "crème caramel" não usa leite condensado (aliás, leite condensado aqui é coisa para crianças, adultos não sabem usar).
Mas eu gosto de todo jeito, com ou sem furinhos.
Beijos e bom descanso

Adriana Balreira disse...

Marly,
só gosto de pudim sem furinhos e as vezes fica com furinhos e faço sempre do mesmo jeito! Não entendo o porquê disso! :(
Vou testar de tudo que é jeito e um dia descubro!
Beijos
Adriana

✿ chica disse...

Eu adoro e prefiro com furinhos! Boa pausa, bons trabalhos,tudo de bom,chica

Sol Pâtisserie disse...

Marly sempre tive duvidas sobre os furinhos no pudim, eu na verdade prefiro ele assil lisinho como o seu, e eu prefiro com leite condensado fica mais gostoso e calorico rsrs, abafa o caso, bjs !!!

Renata disse...

Marly, li com muito interesse sobre o pudim com e sem furinhos... benditos furinhos! Há quem prefira o pudim sem eles, há que prefira com eles. Eu, particularmente, prefiro com os furinhos e meu pai, se vc oferece pudim a ele, ele sempre pergunta "ta furadinho?", senão ele nem se interessa rsrsr
Um ótimo descanso pra vc! Aguardamos a sua volta!
bjsss

Ana Paula disse...

Olá Marly!

Adoro pudim... o que notei, não colocar água na calda e bater bem os ovos antes de juntar os outros ingredientes. A temperatura do forno sempre foi alta, a máxima. E o pudim sai como na foto 1. Sai mais clarinho e o gosto mais de leite condensado. Quando coloco água sai com mais furinhos e não fica do jeito que gosto.

Nice e Ana, temperado com carinho... disse...

Lindo seu pudim amiga, amei seu post, como sempre uma delicadeza, bjs, Ana ;).

São Ribeiro disse...

O meu marido adora pudins e por acaso esta semana fiz um com bolacha maria.
Esse ficou uma maravilha.
bjs

marijose disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
marijose disse...

Enhorabuena a tu marido Marly, le quedo estupendo¡¡¡ besitos

Andréa disse...

Maly,
pudim com furinhos ou sem são bem vindos sempre, o seu ficou maravilhoso!
É a sobremesa predileta do meu esposo tbm, rsrs.

Bjs, até breve!

Josy disse...

Marlyca querida que lindo pudim, o meu dificilmente também fica com furinhos, mas não sei qual é a real razão de uns saírem com furinhos, outros não. Como você, também bato no liquidificador. Mas notei uma coisa em especial nos meus. Quando bato só os ovos primeiro e depois adiciono os outros ingredientes e só dou o pulsar, ele fica com furinhos,dá pra entender? O fato é que a minha preferência, são esses como o seu, lisinhos e densos. Ficou mesmo lindo. Amiga boa pausa e até a volta, ficarei ansiosa pelo post de decoração de mesas. Beijinhos até a volta. Ah! Até pelo face não te deixam em paz hem miga? Ninguém merece rsrs

Neide MC disse...

Oi Marly, pudim de leite condensado é sempre bem bem vindo, aqui em casa também não faço com frequência, porque meu marido é um formigão, e quanto aos furinhos a tia do meu marido fazia e ficava cheio de furinhos e ela batia na mão mesmo, e aos confeitos tem pessoas bem desatualizadas né?

Bjs

Liliane de Paula disse...

Acho que tudo com leite condensado fica gostoso.
Acho que nem tenho paladar para diferençar se com os furinhos fica ou não diferente o sabor. Mas lembro de já te-los visto.

Os Babinhos disse...

Adoro pudim e nos dias de calor sabem tão bem.

Beijinhos,

Susana
As Papinhas dos Babinhos

CamomilaRosaeAlecrim disse...

Que pudim maravilhoso...tudo anotado e dicas tb!
Show!
Beijos
CamomilaRosa

Melissa Alves disse...
Este comentário foi removido pelo autor.
Melissa Alves disse...

Sinceramente, tanto faz se tem ou não furinhos no pudim! Eu gosto muito dessa sobremesa, mas só fiz uma vez... Ficou tão saboroso que ninguém percebeu que era diet! Talvez seja uma boa opção para não privar seu marido desse doce!

Marisa Vlasic disse...

Querida Marly, eu me atraco com com pudim de leite condensado feliz da vida, tenha ele furinhos ou não !!
O seu ficou maravilhoso, como tudo o que você faz né amiga !!

Beijinhos

Rosa Paula disse...

Também é a sobremesa preferida do meu marido! Também sempre tive curiosidade sobre os beditos furinhos :-)

Beijos,
Rosa
Le Paquet

Rosita Vargas disse...

Se ve muy rico y elegante su pudín me encanta,saludos y abrazos

Katia Bonfadini disse...

Marly, que saudades de passar aqui!!!!! Mas quando venho, não consigo sair do seu blog delicioso! Menina, minha sogra faz o melhor pudim de leite que já comi, não tem furinhos e leva muito leite condensado,além de fava de baunilha, mas também já comi versões saborosíssimas com os furinhos.O seu parece estar divino! Um grande beijo!

Flávia Mergulhão disse...

Marly,
Com ou sem furinho, passa pra cá esse pudim! Rsrs
Beijos

Zizi Santos disse...

Marli
sabe que eu reparava nos furinhos, mas nunca dei importância. O gosto do pudim sendo bom, eu até esquecia os furinhos.
Mas é mesmo, pudim de padaria tem mais furinho que os de casa!
Boa pausa que você venha com força total!
bj e um bom fim de semana
zizi

Luma Rosa disse...

Oi, Marly!
Agora mais essa, não pode ter furinho? Eu adoro os furinhos aerados... Lembro de uma propaganda na tv de um pudim que a marca Vigor vendia em porções individuais que na narrativa (enquando a pessoa comia o pudim vagarosamente), dizia mais ou menos assim: ... com furinhos que lhe dão leveza...
Sempre fiz o pudim para que tivesse furinhos... Tô triste!
Bom trabalho!!
Beijus,

Pepa disse...

rsrsr, vou negar prá você não Marly... amo pudim de leite de qualquer jeito, rsrs como furinho , sem furinho... mas sabe que sou dessas que faz o pudim na panela de pressão (herege, rsrrs) mas fica tão perfeito que não me aguento uma hora no forno... e o meu fica com furinhos... e sempre só misturo os ingredientes, sem bater...
Será ??? rsrs

Bjus 1000 e doooooooida para ver suas mesas... coisa linda forever !!!

Bjus 1000 querida e um finde lindão prá ti

Denise Maceio disse...

Menina, conheci seu blog hoje e ja li todinho, voce acredita? Eu nao gosto de cozinhar, mas fiquei apaixonada pelas comidas, os biscoitos e a decoraçao das mesas, que é minha parte favorita. Gostaria de saber se voce conhece orange chicken, comi no EUA e nunca encontrei aqui no Brasil e gostaria muito de aprender a fazer, pois parece muito com suas coatelas. Obrigada pela delicia que é seu blog.

Arione Torres disse...

Oi amiga, que delícia de pudim!!! Ameei!!!
Tenha um bom domingo e começo de semana, beijos!!

Executiva de Panela disse...

Oi Marly! Que interessante: o meu pudim sempre tem furinhos porém sempre quis acertar fazer sem, como o seu. Por isso ler sua postagem foi muito útil! Também porque sempre quis fazer um pudim grande. Vou experimentar sua receita. Lindo pudim! Beijos, puala

Heloísa disse...

Marly,
Que delícia esse pudim. Também é uma das sobremesas preferidas do meu marido.
Minha mãe também o chamava de "creme de leite" e, naqueles tempos, sem leite condensado, fazia com leite, açúcar e muitos ovos.
Sempre achei uma delícia.
Beijo,

Gina disse...

Oi, Marly!
Sabia dessas dicas sobre os furinhos, fiz das 2 formas e publiquei. No meu atual forno elétrico, leva 45 minutos a 190° para ficar pronto. Bato bastante e uso 4 ovos. Fiz hoje, inclusive! Faço mais para agradar ao marido, que adora.
Que você tenha um ótimo setembro!!
Bjs.

Hellen Gomes disse...

todo domingo que eu almoçava na casa da minha vó paterna, ela fazia pudim. Tanto que quando meu pai almoça em casa ele pergunta : e o meu pudim? Rs e ai quando faço ainda fala...ah mas não está igual ao da minha mãe rs. Não adianta né tem comidinhas que só a mãe faz do nosso jeito .

Pin It button on image hover