segunda-feira, 15 de abril de 2019

Brigadeiro de Cenoura e Coco - (cenourinhas de Páscoa) e outras ideias para a Páscoa



Olá!

Estamos na semana da Páscoa e eu acho que já deixei claro, aqui no blog, que gosto muito dessa festa. Na Páscoa cristã comemoramos a ressurreição de Jesus Cristo, mas  relembramos ainda a libertação do povo judeu, do jugo da escravidão. Esta é, então, uma festa que celebra a vitória de Cristo sobre a morte. E também a conquista da liberdade, a renovação da vida e da esperança.



Por tudo isso vale a pena a gente caprichar na celebração, decorando o ambiente e escolhendo as comidas a preparar com cuidado. Sabemos que uma das tradições das Páscoa é o ato de presentear as pessoas das nossas relações com ovos de chocolate. Estes, porém, a cada ano, têm aparecido com preços mais altos, o que também tem nos levado a buscar um substituto para eles. Os docinhos do tipo "trufa" e brigadeiro são ótimas alternativas aos ovos de Páscoa, e foi pensando nisso que preparei estes brigadeiros de cenoura (em forma de cenourinhas).  


Brigadeiros de cenoura e coco em forma de cenourinhas (Para a Páscoa)

xícara = 24 ml

Ingredientes

1 cenoura média sem casca e ralada
1 lata de leite condensado
1/2  xícara de coco ralado (coco seco de pacote, sem açúcar)
1 colher de sobremesa de manteiga ou margarina

outros

açúcar granulado (ou de confeiteiro) para rolar os docinhos

raminhos de folhas artificiais laváveis, para decorar os docinhos (lavei os meus raminhos numa solução de água, detergente e água sanitária; enxaguei-os bem e os sequei com um pano de prato bem limpo)

Preparo


Misture todos os ingredientes, numa panelinha de fundo grosso, e leve a panelinha ao fogo - mexendo sempre - até que apareça o fundo da panela. Abaixe o fogo e continue mexendo a mistura por mais uns 3 minutos (para garantir que a massa não fique mole demais, devido à água da cenoura). Passe a massa para um prato untado levemente com manteiga. Quando a massa amornar, unte levemente as mãos com manteiga e forme as cenourinhas. Role-as no açúcar e decore cada uma com um raminho previamente lavado. Com o lado oposto à lâmina de uma faquinha, faça marcas nas cenourinhas, imitando as marcas naturais das cenouras. 

***************

Outra coisa que sempre tenho feito em nossas festas de Páscoa são os biscoitos. Aqui no blog eu já postei inúmeras receitas de biscoitos, de modo que, se você também desejar fazê-los, em sua festa, escolha a receita que preferir e ... mãos à obra. Para fazer figuras como coelhinhos ou biscoitos decorados, prefira as massas amanteigadas básicas, que costumam manter mais a forma, depois de assadas. 

a

os biscoitos "3D" (foto abaixo) em forma de coelhinhos, foram uma invenção minha, que publiquei pela primeira vez neste post (em 2011). Depois disso já os fiz inúmeras vezes, pois fazem muito sucesso com todas as pessoas que os vêem, especialmente as crianças.

b

mas você pode fazer os seus biscoitos em outras formas, e até bicolores (veja a foto abaixo)

o




Ansiando pelos dias "normais"

                           (imagem da Internet)

Gente, vou lhes contar, para mim tem sido uma provação acompanhar as notícias e os comentários às notícias, publicados em redes sociais e outras mídias. É muita manipulação dos fatos, muita agressão e violência, um horror! 
Tenho ansiado pela volta dos dias normais, que para mim significa aqueles em que a gente pode discutir os acontecimentos, trocar ideias e informações sobre eles, de modo natural e sereno. 
De repente, as conversas e o compartilhamento de informações se transformaram numa guerra, em que as argumentações irracionais e violentas é que se tornaram a "norma". Somados a isso surgiram a  valorização da ignorância e o ódio ao conhecimento. Isso tudo é o oposto do que anseiam os corações humanos, que é a brandura, a gentileza e a sabedoria (que resulta também da compreensão, advinda do conhecimento).  
Contudo, teremos que encontrar um meio de superar tudo isso. E rapidamente. Ressentimentos e ignorância NUNCA são bons e nunca resolvem nada, pelo contrário, sempre complicam um pouco mais, as situações já complicadas. Temos que aprender a dialogar, a ouvir e a nos fazermos ouvidos, por aqueles com quem queremos nos comunicar. 
Feito isso, creio que voltaremos aos dias “normais”, ou seja, aos dias em que a cortesia e a boa vontade é que são as ações naturais, no convívio social. E é isso que todos desejamos, né não? 


18 comentários:

Pedrita disse...

que coisa mais linda. nossa. quanta criatividade. amei as cenourinhas na cesta. nós sempre fazíamos biscoitos. como minha avó era americana, eram sempre biscuits, acho que não consigo ver biscoitinhos de bichinhos e não chamar de biscuits. eu tenho adorado ver esses coelhinhos de pernas pra cima. é uma ideia muito engraçadinha e fofa. sim, época de muito ódio, intolerância. muito triste. ver o noticiário não anda fácil. beijos, pedrita

Milia disse...

Hola Marly, que alegría me he llevado al encontrarme con un post tuyo... hace tanto que no vengo por aquí! Lo cierto es que estoy muy poco por la red.
Me encantan tus brigadeiros, al igual que tus preciosos biscoitos. Esos conejitos, cualquiera de ellos, son adorables, me costaría comerlos.
Suscribo todo lo que dices en la última parte del post... que ganas de que vuelva la normalidad, pero ¿volverá? O será ya una etapa pasada. Iremos viendo amiga mía, y mientras tanto cocinemos, que relaja mucho.
Un gran abrazo y Feliz Pascua

Roselia Bezerra disse...

Boa noite de Semana Santa, querida amiga Marly!
Que lindo seu adendo ao post no final dele!
Pensamos parecido demais.
Ter interação fraterna faz bem à alma.
O mundo anda carente de amor sincero. Sejamos paz a todos!
Como desejou!
A receita é espetacular e leve. Gosto do sabor, querida.
Feliz por ter ido ao meu blog hoje, demais grata!
Tenha uma Semana abençoada e feliz!
Bjm carinhoso e fraterno de paz e bem

A Paixão da Isa disse...

Waounh tudo esta tao bonito amiga adoro este post mt bonito parabens bjs feliz pascoa

Prata da casa disse...

Olá Marly:ideias lindas e muito originais. Adorei as cenourinhas que devem deixar qualquer mesa com um toque bem especial.As bolachinhas também são lindas e devem ser deliciosas.Sempre com sugestões maravilhosas!
Bjn
Márcia

Dalva Rodrigues disse...

Oi Marly, suas sugestões são lindas e deliciosas!!
Que contraste entre nossos dias incertos, angustia, conflitos e o sentido de Semana Santa, Páscoa...
Não creio que haverá dias de harmonia como já houve, a não ser que acabasse com as faces da Internet, como isso não vai acontecer...
Abração, feliz páscoa!

Heloísa Sérvulo da Cunha disse...

Marly, as cenourinhas estão lindas. Assim como os biscoitinhos e toda a decoração.
E, depois de tanta beleza e gostosura para a Páscoa, um texto primoroso sobre a volta aos dias normais.
Eu, também, queria que voltássemos aos dias "normais", a aqueles dias em que a convivência não estava permeada pelo ódio. Embora houvesse diferenças de opiniões.
Mas, acho difícil. Seria como consertar um cristal rachado.
Beijos.

Maristela Guilherme disse...

Lindos quitutes.
Boa Páscoa!!!
bjs

Trini Altea disse...

Que bonitos.!!

CÉU disse...

Olá, Marly!

Espero k você e família tenham tido uma Páscoa de amor, verdade e vida.

Suas receitas são fabulosas e invulgares. Nunca comi brigadeiros de cenoura e coco, mas aqueles biscoitinhos em forma de coelhinho me deixaram água na boca.

Aliado à gastronomia, você escreveu um recadinho para aqueles que ainda não entenderam que o bom senso e a união entre as pessoas é o correto. Parabéns, minha amiga!

Beijos e boa semana.

Pedrita disse...

marly, o livro canção de ninar começa do ponto da morte de duas crianças pela babá inspirada em um fato real. mas depois segue em ficção, falando da condição das mulheres, babás, mães, interessante que é sempre com o olhar de uma mulher. as culpas, solidões, é um livro fantástico. a tragédia é no primeiro capítulo. depois segue com a história da familia e de pessoas do entorno, sempre mulheres.

Pedrita disse...

marly, o fantasma da ópera foi contemplada pela lei rouanet, a obra é americana, mas todos os profissionais são brasileiros. tem a supervisão estrangeira pra sair como é a estrangeira, mas tudo é brasileiro.

Anas Khan disse...

Yummy food.
Regards.
Codesarrival.com
Dealswithin.com
Promosinn.com

Adelaide A3 disse...

Menina, essa receita de brigadeiro de cenoura poderia ser classificada na pasta de "como foi que não pensei nisso antes"...rsrs Grata por partilhar!
Quanto aos codigos de civilidade e a cordialidade, também sinto falta disso, espero que retorne ao uso cotidiano com máxima brevidade possivel.

Muita Luz e Paz!
Abraços

Denise disse...

Quanta delicadeza! Muito capricho e paciência! O resultado foi lindo e, certamente, delicioso para os olhos e para o paladar! Amei!
Bjs e boa semana!
http://dedeartes-denise.blogspot.com

Debora disse...

Se eu me encantei sendo adulta, imagine uma criança vendo as suas criações! São lindas!

Patricia Merella disse...

Olá amiga Marly! Teu traço de delicadeza e perfeição,está embutido em tudo que tu faz. Fiquei inspiradissima. Grata por partilhares! Levo a receita do brigadeiro de cenoura! Bom fim de semana amiga,Beijinhos!

عبده العمراوى disse...



شركة تنظيف منازل بالجبيل
شركة كشف تسربات المياه بالاحساء

Pin It button on image hover