Google+ Followers

quarta-feira, 15 de abril de 2015

Bolo Invertido de Frutas, de Fubá



Olá, para todos! Tenho um monte de revistas gringas, antigas, que eu só mantenho comigo porque elas têm receitas interessantes. É o caso desta da foto, Better Homes and Gardens, de 2007. Nela encontrei a receita deste bolo invertido de frutas - e  perfumado com manjericão - que é de fubá! 




Na revista o bolo é apresentado como "saudável" e isso deve ser porque ele  leva pouco açúcar (1/2 xícara), que não é insuficiente, especialmente se as frutas forem doces. Se, porém, as frutas não forem doces (por cá os mirtilos são sempre ácidos, rsrs), e você for do tipo que prefere "um toque extra de doçura", como diz a revista, rsrs, pode fazer a calda, cuja receita está lá embaixo (repararam que o bolo da capa da revista tem calda? rsrs).  Em vez desta massa, que faz um bolo relativamente pequeno, você pode fazer a de um dos nossos bolos de fubá, e foi isto que fiz hoje. Escolhi o prático e bom bolo de fubá de liquidificador. Depois de assado, espalhei sobre as frutas uma colher (de sobremesa) de geléia de morango derretida. 

Bolo Invertido de fubá e frutas - (receita da Home and Gardens)

(faz 10 porções)

xícara = 240 ml

Ingredientes

2 e 1/2 xícaras de mirtilos, framboesas, e / ou amoras frescas
1 e 1/3 xícaras de farinha de trigo
½ xícara de fubá (é farinha de milho amarela e fina, para quem não sabe)
1 colher de sopa de manjericão fresco cortado finamente (coloquei menos)
2colheres de chá de fermento em pó
¼ colher de chá de sal
2 ovos ligeiramente batidos
½ xícara de açúcar (se achar pouco faça a calda sugerida*)
2/3 xícara de leite
1/3 de xícara de óleo de canola
folhas frescas de manjericão ou hortelã (opcional) – para decoração


Instruções


Unte levemente, com manteiga, uma forma redonda, de 17 centímetros de diâmetro. Forre o fundo da forma com um disco de papel manteiga. Unte também o papel. Espalhe as frutas no fundo da forma (reserve  1/2 xícara delas para colocar sobre o topo do bolo assado). Em uma tigela, misture a farinha, o fubá, o manjericão, o fermento e o sal. Ponha-a de lado. Em outra tigela, misture os ovos, o açúcar, o leite e o óleo. Adicione a mistura de ovos, de uma só vez, à mistura de farinha. Mexa até que fique tudo combinado; despeje a massa sobre as frutas. Espalhe-a uniformemente.
    Asse o bolo em forno médio por 40 a 45 minutos, ou até que passe no teste do palito. Na receita diz para preaquecer o forno, mas eu não fiz isso, porque já aconteceu de o bolo começar a queimar por fora, sem estar assado por dentro, no forno preaquecido. 
Depois de assado, deixe o bolo esfriar na forma por 5 minutos. Passe uma faca à volta da forma para soltar os lados do bolo. Vire-o então sobre o prato em que ele vai ser servido (dica: Ponha o prato sobre a forma e vire-a de uma vez). Remova a forma e o papel delicadamente. Cubra o bolo com o restante das frutas, e decore-o com folhas de manjericão e hortelã.


* Calda

Misture até combinar: 1/3 de xícara de açúcar de confeiteiro (tipo Glaçúcar) + 2 colheres de chá de leite + 1 colher de chá de suco de limão. Espalhe a calda no topo do bolo, ainda quente.


******
 

Esta receita faz o clássico e delicioso bolo de fubá brasileiro:


Bolo Fofo e bom de fubá de Liquidificador

Ingredientes

1 xícara de fubá
1 xícara de farinha de trigo
1 xícara de açúcar
3/4 de xícara de óleo de cozinhar (por exemplo: canola, milho, soja)
3/4 de xícara de leite
1 colher de sopa de fermento
3 ovos

Preparo

Unte com manteiga uma forma de tamanho médio (17 a 20 cm de diâmetro).  Reserve-a. Ponha no copo do liquidificador (nesta ordem, pois é melhor que os líquidos fiquem por baixo): os ovos, o leite, o óleo, o açúcar, o sal, a farinha e o fubá. Bata até que misturem. Desligue o liquidificador e acrescente o fermento. Bata ligeiramente para misturá-lo. Se for fazer o bolo acima atente para as instruções da primeira receita, se quer só um bolo de fubá, ponha a massa na forma preparada e leve-a ao forno médio (180º C) por de 45 minutos a 1 hora (este bolo demora um pouco para assar, porque leva muito líquido, mas são eles que o fazem ficar fofo. Para variar o sabor, acrescente 1/4 de colher de chá de semente de erva doce à massa.


Até breve! 










terça-feira, 7 de abril de 2015

Coelhinhos de Massa de Docinhos de Leite em Pó - Páscoa

         
  "De olhos vermelhos / De pelo branquinho
 De pulo bem leve / Eu sou coelhinho / Comi uma cenoura
Com casca e tudo/Tão grande ela era
Fiquei barrigudo!" ♫ 

Olá, gente! No ano passado eu fiz uns coelhinhos para a Páscoa, usando ovinhos de Páscoa de chocolate escuro. Porém, como eu os deixei à noite na geladeira, porque os dias aqui estavam muito quentes, eles ficaram esbranquiçados, e por isso eu desisti da idéia de mostrá-los, rsrs. Resolvi os fazer novamente neste ano e, para isso, maridex chegou a comprar-me um vidro cheio de ovinhos de chocolate. Contudo, quando finalmente pude fotografar os novos coelhinhos, uma amiga convidou-me para ver uns trabalhos artesanais dela, numa página gringa que exibe este tipo de trabalho, feito por blogueiros ou gente que os queira exibir na web (acho eu). Fui lé e, rolando a página, dou de cara com uns coelhinhos de chocolate feito com ovos! rsrs. Isso só mostra que a gente tem de apressar-se em executar e mostrar uma idéia que venha a ter, pois outra pessoa também pode tê-la, rsrs. Então eu fui pensar em outra possibilidade de fazer um coelhinho que fosse também uma guloseima, e assim surgiram estes docinhos. O design deles é o mesmo que utilizei para fazer esses biscoitos. E a - digamos - matéria prima - usada foi a massa com que se faz os docinhos de leite em pó, que tanto pode ser feita com leite de coco quanto com leite condensado, ficando ambos os docinhos deliciosos.


Para fazê-los basta olhar a foto acima, pois ela é autoexplicativa. Eu tentei fazer as orelhinhas em vários formatos, para ver qual era a mais adequada, mas acabei por não me decidir por uma, rsrs. Os olhinhos foram feitos com confeitos coloridos, e eu fiz também uns rabinhos, que eram simples bolinhas de massa (veja a foto abaixo).


O legal deste trabalho é que ele pode ser feito com crianças, estimulando a criatividade e habilidade manual delas. E depois os coelhinhos podem ser comidos!

 As receitas (já publicadas aqui no blog anos atrás):


Docinho de Leite em pó com leite Condensado

Ingredientes

2 medidas (por exemplo: xícara de chá) de leite em pó
1 medida de açúcar de confeiteiro
Leite condensado até dar ponto de enrolar
Corante alimentício (opcional)

Preparo

Numa tigela, misture o leite em pó e açúcar. Acrescente o leite condensado, aos poucos, até dar ponto de modelar. Se desejar colorir a massa, aplique o corante e vá massageando a massa até distribuir bem a cor. Empregar a massa como desejar.


Docinhos de leite em pó com leite de coco

Ingredientes

400g de leite em pó (1 lata)
2 xícaras (chá) de açúcar refinado
½ xícara (chá) mais 2 colheres (sopa) de leite de coco*

Preparo


Misture os três ingredientes, até que se forme uma massa homogênea (atenção: Pode ser que não seja necessário o acréscimo das duas colheres de leite de coco, só as acrescente se, depois de misturar muito bem os ingredientes, constatar que a massa ainda não dá ponto de enrolar. Não se apresse nesse ponto, pois à medida em que a massa é manipulada, o leite em pó vai soltando gordura, que supre os líquidos necessários. Modele os docinhos na forma desejada (para fazer os coelhinhos veja a foto acima).


Dica: Este doce pode ser adaptado ao gosto de quem o faz. A quantidade de açúcar pode ser reduzida. O açúcar refinado pode ser substituído por açúcar granulado. O único cuidado que se tem de ter é no adicionar o leite de coco, que tem de ser feito gradualmente, até que a massa dê ponto de enrolar. A quantidade de leite de coco, portanto, é variável.




sábado, 4 de abril de 2015

Feliz Páscoa!


 

Olá, gente! Páscoa é tempo de reflexão e renovação e nesta festa muitos se reunirão também para celebrar o triunfo da fé sobre a opressão e do bem sobre o mal. Desejo a todos os que aqui chegarem uma Páscoa muito feliz! 
 

como já mencionei outras vezes, aqui no blog há muitas receitas e idéias para a Páscoa!





sábado, 28 de março de 2015

Biscoitos Para a Páscoa de 2015



 
Olá, gente, por aqui tem chovido bastante ("são as águas de março fechando o verão é promessa de vida no meu coração", rsrs), apesar de o verão já ter se despedido há mais de uma semana. O outono já está a correr (bem vindo, outono! rsrs) e já é tempo de a gente começar os preparativos para a Páscoa.



Este ano vou tentar fazer uns bombons pascais, mas nos anos anteriores  preferi fazer só biscoitinhos, que são sempre uma boa alternativa aos caríssimos ovos de Páscoa, rsrs.  

Então, os biscoitinhos já estão aparecendo por aqui, em forma de bichinhos de Páscoa e nas formas tradicionais, mas sempre com um toque de graça e charme, já que a a tradição desta festa é combinar o gostoso com o bonitinho, né? rsrs.

Para fazer todos estes biscoitos usei a receita do biscoito de leite condensado, mas variei os sabores deles. Nos de chocolate, substituí uma parte da farinha por chocolate em pó (na verdade usei chocolate e cacau) e também rolei os biscoitos - recém assados - numa mistura de cacau em pó + pó para cappuccino, o que deu a eles um sabor extra e este aspecto camurçado, que imita o pelo do coelho, rsrs. 


 
Os biscoitos em formato tradicional receberam especiarias (canela, cravo, noz-moscada e pimenta da jamaica, todos moídos) e elas os deixaram super saborosos!

Biscoitos de leite Condensado
(versão Páscoa)
 
 Ingredientes:  
 

350 g de farinha de trigo*

40 g de fécula de batata 
100 g de açúcar 
150 g de manteiga em temperatura ambiente, levemente amaciada
1 ovo batido 
1 colher de chá de fermento em pó (16 g)
leite condensado quanto baste 
vide notas para as quantidades de especiarias usadas nos biscoitos de especiarias**



Preparo


Misture bem e todos os ingredientes e vá adicionando o leite condensado, aos poucos, até que forme uma mistura homogênea, mas cuidado, não amasse muito!    Faça uma bola com a massa e coloque na geladeira para descansar 30  minutos.    Ligue o forno a 180 graus Celsius. Retire a massa da geladeira, abra com um rolo e corte no formato desejado. Leve ao forno  médio por cerca de 15/18 minutos. 

Notas
 
Para os biscoitos de chocolate, usei 300g de farinha de trigo, 40 g de chocolate em pó e 10 g de cacau em pó). Também rolei os biscoitos mornos numa mistura de pó para cappuccino (maior parte + cacau em pó, menor parte, os dois juntos resultaram em mais de meia xícara)

Para os biscoitos de especiarias acrescentei à massa: 1 colher de chá de canela em pó, 1/4 de colher de chá de cravo em pó, 1/4 de colher de chá de noz moscada ralada e 2 bolinhas (grandes) de pimenta da Jamaica moídas.

Aqui no blog há muitos posts referentes à Páscoa, como este abaixo que tem boas receitas e boas idéias:

veja aqui!

 






terça-feira, 17 de março de 2015

Bolo de Festa - Massa Amanteigada de Chocolate + Filmes: Para Sempre Alice e Momentos Esquecidos



                                       
                                                     (as etapas da preparação da massa)

                                                                 (os bolos assados)

Olá gente! Seguindo com a série das receitas para bolos de festa, trouxe hoje esta massa, que é, ao mesmo tempo, amanteigada e fofa. Ela é usada para o Victoria Sandwich Cake, aquele bolo amanteigado e esponjoso, servido geralmente recheado com geléias e cremes.  A característica desta massa é que ela leva apenas quatro ingredientes: ovos, farinha (com fermento) açúcar e manteiga, sendo que os quatro devem ter o mesmo peso. Observem que, como esta é a versão de chocolate, o peso do cacau foi descontado do peso da farinha, rsrs. Usei esta massa para fazer o o bolo nu (naked cake) da foto acima, os bolinhos de noiva abaixo, e o bolo do aniversário de Bellita, que mostrei recentemente no Facebook.


Bolo Amanteigado esponjoso de chocolate
(adaptado daqui

Ingredientes

  • 4 ovos
  • açúcar refinado (peso equivalente ao dos 4 ovos)
  • margarina ou manteiga sem sal (peso equivalente ao dos 4 ovos)
  • farinha com fermento (peso equivalente ao dos 4 ovos, depois de pesar a farinha, tire 50g, pois este será o peso do cacau)
  • 50g de cacau em pó

Preparo

  1. Pesar os 4 ovos inteiros (sem quebrá-los).
  2. Pesar a farinha no mesmo peso dos ovos, depois tirar 50 gramas da farinha, pois o peso final será o mesmo, já que a ela será acrescentado os 50 gramas do cacau em pó. Peneire juntos a farinha e o cacau.
  3. Pré-aqueça o forno a 170 C. Unte os fundos de 3 formas de 17 centímetros de diâmetro; forre os fundos com papel manteiga e unte o papel também, Não unte as paredes das formas.
  4. Bata na batedeira as claras em neve e passe-as para outra tigela.
  5. Bata na batedeira a manteiga, as gemas e o açúcar até obter um creme e fofo e claro.
  6. Desligue a batedeira e vá juntado a farinha com o cacau à mistura de manteiga, mexendo bem com um fouet, para homogeneizar tudo. Depois de tudo misturado, acrescente as claras em neve, aos poucos, misturando-as, delicadamente, para que não percam o ar e o bolo fique mais esponjoso.
  7. Divida a mistura uniformemente entre as 3 formas. Asse em forno preaquecido por 20/25 minutos, ou até que os bolos estejam crescidos e passem no teste do palito.Depois de frio solte os lados do bolo passando uma faca em volta dele e vire-o no prato em que será servido.
Nota: o bolo nu da foto acima foi recheado com doce de leite condensado cozido, recheado com frutas vermelhas, coberto com ganache de chocolate escuro e guarnecido com frutas vermelhas.


                                      (os mini bolos de noiva feitos com esta massa)


**************************************************************

Filmes

Para Sempre Alice e Momentos Esquecidos
(ou o mal de Alzheimer mostrado no cinema)




 Recentemente eu e meu marido assistimos ao Para Sempre Alice, o filme que deu a Julianne Moore o Oscar de melhor atriz, na premiação deste ano. Mal comecei a vê-lo, recordei-me de um outro,  com a Mia Farrow, que havia visto anos atrás. Eu não me lembrava do nome do filme da Farrow, que deve ter passado tão despercebido, que sequer o encontrei na filmografia oficial da atriz, tive que fazer pesquisas indiretas para achá-lo. No entanto, trata-se de um filme muito bom! 


Ele recebeu no Brasil o nome de Momentos Esquecidos (Forget me Never, no original, lançado em 1999), e conta a estória de Diana McGowin, uma advogada que vê sua vida mudar, quando é diagnosticada, aos 40 anos de idade, com o mal de Alzheimer. No início da doença, ela até pensa em esconder as suas aflições da família, mas, evidentemente, com a progressão do mal, tudo fica evidente. Na minha pesquisa descobri que Mia Farrow recebeu uma indicação ao Globo de Ouro, por causa de sua brilhante atuação neste filme, mas não chegou a recebê-lo.



Para Sempre Alice conta a estória de uma brilhante professora de linguística de 50 anos que, devido a pequenos e constantes esquecimentos, começa a suspeitar de que há algo errado com a sua memória. Ela vai consultar um médico e é diagnosticada como portadora do mal de Alzheimer. Como Diana McGowin, Alice Howland vai enveredando, aos poucos, pela demência, levando a família ajustar-se também às suas tribulações e desafios. Julianne Moore está muito bem na pele da personagem. 

 Como se vê, trata-se da mesma estória, com pequenas diferenças quanto à vida da personagem. Momentos Esquecidos foi baseado na estória real de Diana Friel McGowin, que escreveu o livro acima, Vivendo no labirinto, no qual relatou o seu drama.

Recomendo os dois filmes, porém, apesar de ser fã de Julianne Moore e concordar que ela fez por merecer o Oscar ganho com o Para Sempre Alice, se tivesse que indicar um filme sobre o tema Alzheimer, indicaria o primeiro, rsrs. 







Pin It button on image hover