domingo, 3 de janeiro de 2021

Molho barbecue para porco (o melhor!) e o que rolou nos últimos dias


lombo de porco - festivo - com molho agridoce


Olá, queridos leitores!

Eu sempre evitei viver sob temores e medos, vivo sob fé. E porque essa opção não é recente, não está ligada apenas às nossas atuais tribulações. Aliás, as pessoas que refletiram sobre o assunto já perceberam - faz tempo - que é em tempos de desafios e dificuldades que afloram a nossa força e coragem mais profundas. E embora eu, sinceramente, dispensasse passar por mais essa crise, o fato é que a crise está bem ai. Então só nos resta enfrentá-la. Desejo que você - que me lê - encontre a força a sabedoria e a determinação necessárias para triunfar sobre esses tempos difíceis. 

Feliz 2021, que seja uma ano surpreendentemente bom para todos nós, apesar de tudo!

"No novo tempo, apesar dos perigos
Da força mais bruta, da noite que assusta, 
estamos na luta,
Pra sobreviver, pra sobreviver!"
(Ivan Lins - Novo Tempo)


O que rolou no Réveillon

No nosso Réveillon, como no Natal fiz poucos pratos, porque seriam servidos apenas à família, que é pequena. Mas fiz questão de preparar as receitas favoritas da turma. Este molho bbq é o preferido de todos. Agridoce e encorpado, ele deixa uma capa aveludada sobre a carne. Esta capa confere sabor, maciez e umidade  às carnes propensas ao ressecamento (como é o caso da carne de porco).  

Parte da comida (faltaram os vegetais)
 
Molho barbecue - bbq - para carne de porco (e churrascos em geral)

xícara = 240 ml


Ingredientes 


1 xícara de açúcar mascavo

¼ de xícara de vinagre (o de vinho tinto é o mais apropriado)

1 xícara de Ketchup

¼ xícara de água

2 colheres de chá de sal

2 colheres de chá de colorau

2 colheres de sopa de sementes de mostarda

1 colher de sopa de molho inglês

Pimenta do reino moída no momento, a gosto

Preparo

Numa panela média, misture todos os ingredientes e leve a panela ao fogo - mexendo sempre - até que a mistura ferva. Despeje metade do molho sobre a carne, já temperada e já ajeitada na assadeira em que irá assar, e leve a carne ao forno, pelo tempo necessário. No meio do tempo, despeje a outra parte do molho sobre a carne. 

No Natal nós temos aniversariante por aqui, como vocês já sabem. E a pessoa pediu que eu fizesse o bolo de festa simples de abacaxi (cuja receita receita é esta). Eu aproveitei estes anjinhos, comprados há anos, para decorar o bolo.



E no dia 1º de janeiro uma sobrinha aniversariou e eu fiz pra ela este bolo de palha italiana (receita aqui)


Por dentro ele fica assim, mas esta fatia não é do bolo acima



                                                           mesa do Réveillon de 2020


E é só, por enquanto. Até a próxima! 




sábado, 26 de dezembro de 2020

Bolachas Cri cri, molho de laranja, açúcar mascavo e mel, para 'Tender' e o que rolou no Natal

 



Olá, leitores queridos, como foi o Natal de vocês? Espero que tenha sido bom (apesar dos pesares).
Como eu já disse inúmeras vezes, tenho o costume de fazer bolachas e biscoitos (entre outras iguarias) para dar de presente no Natal.
E este ano eu achei bem oportuno fazer também estas bolachinhas 'Cri cri', que são gostosas e ainda nos dão a possibilidade de aproveitar as claras de ovos, que sobram de outros preparados.

Elas se juntaram a outras bolachas e biscoitos em latinhas como as da foto abaixo. Mas este ano o número de latinhas enviadas foi bem menor.  




Bolachas Cri cri

Ingredientes

100gr de farinha de trigo

250gr de amido de milho peneirado

100gr de manteiga ou margarina

120gr de açúcar

1 ovo

2 claras

1 colher de (chá) de fermento em pó

(acrescentei a casca ralada de 1 limão Tahiti pequeno à minha receita, você pode colocar o saborizante que desejar)

Modo de Preparo

Bata a manteiga com o açúcar, o ovo e as claras. Acrescente o amido peneirado com o fermento e a farinha de trigo. Ligue tudo bem, sem amassar. Abra a massa sobre a mesa bem enfarinhada e corte as bolachas com o cortador desejado. Asse-as em forno brando (170ºC), em tabuleiro untado e polvilhado (assei sobre papel pergaminho de cozinha). Não devem tomar cor.


O Natal de 2020

O Natal é a festa que, mais do que qualquer outra, implica em reunião e compartilhamento. É a ocasião para os abraços e carinhos, para as manifestações de afeição e amor. 
Mas neste ano - de 2020 -  muitas das pessoas com quem desejávamos viver isso não puderam reunir-se conosco. E muitas famílias perderam pessoas amadas (e eu sinto muitíssimo por isso, você que perdeu alguém, receba o meu abraço e os meus mais sinceros sentimentos!)
Mas nós estamos tendo que prosseguir com as nossas vidas, fazendo o melhor que podemos, dentro das circunstâncias em que nos encontramos. 
E foi nesse estado de espírito que preparamos a nossa celebraçãozinha em família. 


Eu havia me decidido por uma decoração de Natal tradicional (leia-se: vermelha, verde e dourada), que me permitisse usar coisas de anos anteriores. Então improvisei este centro de mesa simples, nas mesmas cores.

                                                       

E as comidas? Poucos pratos, pra uma familia que não gosta de comer a mesma comida por mais de dois dias seguidos. Mas tudo estava gostoso, porque foi feito no 'capricho', rsrs. 


E as receitas? Nos links a seguir: chester bem temperado (veja o tempero aqui), farofa rica (receita aqui), ratatoille, arroz branco (temos usado mais do integral, mas fiz uma concessão no Natal), salada de bacalhau, grão de bico e batatas, e presunto tender com molho de laranja, açúcar mascavo e mel, cuja receita estou postando abaixo.

Calda de laranja, açúcar mascavo e mel para presunto 'Tender'

Ingredientes

1 peça de 'Tender' bolinha (o meu tinha aproximadamente 1,4 kg)
Suco de 3 laranjas
1/2 xícara de mel
3/4 de xícara de açúcar mascavo
3/4 de xícara de água
1 colher de sopa rasa de cravo da índia moído (ou a gosto)

Preparo

Numa panela, misture o suco com o açúcar, o mel, a água e o cravo da índia. Leve a mistura ao fogo, mexendo até que ferva. Ponha o presunto numa assadeira pequena. Despeje metade da calda sobre ele e leve a assadeira ao forno médio (180º C), por 25 minutos. Passado este tempo, despeje o restante da calda sobre o presunto e deixe que ele asse por mais 15 minutos (se a calda endurecer, leve-a de novo ao fogo, para que volte a ficar líquida).  

Nota: Se preferir, fatie o Tender, em fatias finas, antes do preparo. 

E é só para o momento. Até breve!


terça-feira, 15 de dezembro de 2020

Presentinhos de Natal saídos da cozinha e mais...

 

              (caixinhas com brigadeiros)

Olá, queridos leitores!

E aí, já entraram no modo "Natal" ou o longo isolamento tornou isso impossível também? rsrs.
Mas, convenhamos, o mais importante é que ainda estamos vivos e isso é motivo para celebrar! 


Como eu já disse outras vezes, tenho também presenteado as pessoas próximas com iguarias preparadas na cozinha. Os biscoitos são os preparados mais constantes e aqui no blog eu já postei inumeras receitas deles (para encontrá-las vocês têm que digitat 'biscoitos' ou 'bolachas' ou ainda 'biscoitinhos', na caixa de pesquisa que fica aí - no alto - do lado direito da página, com o título "o que você procura?"). Garanto que vocês terão até dificuldade para escolher, entre tantas opções!
Contudo, os biscoitos não são, evidentemente, as únicas delícinhas que a gente pode fazer na cozinha, docinhos, bolos e outras alternativas também são válidos e apreciados, então, nesse ano, eu estou diversificando novamente. 
Fiz brigadeiros ontem e os embalei em caixinhas pequenas, como vocês podem ver nas fotos acima. Para dar um toque natalino acrescentei raminhos de Natal e cordões.


Outra coisa que fiz também - para a sobremesa da turma de casa - foi o creme de chocolate, cuja receita postei aqui, em 2012 . Ao colocá-los nestes potinhos descartáveis, me ocorreu que também eles podem virar presentes. A receita rendeu sete potinhos de 150 ml.



Quando falamos em bolos natalinos, pensamos logo nos bolos de frutas secas (frutas cristalizadas, passas etc.). Mas eles podem ser substituídos por outros bolos igualmente (ou até mais) saborosos, como estes da foto abaixo, que são: o bolo de cenoura 'americano' (um bolo supimpa!), que teve a receita publicada aqui. E o bolo de chocolate e maracujá (receita publicada aqui) e o sempre respeitado bolo de nozes com recheio de baba de moça, cuja receita publiquei aqui!


E eu continuo improvisando decorações nas embalagens de presentes, esta guirlandinha foi feita com um cordão de folhinhas de Natal que a gente compra em lojas.


Bom, tem mais coisas, mas falaremos delas no próximo post, até lá, um abraço para todos! 




quinta-feira, 10 de dezembro de 2020

Biscoitos de gengibre e mel e artesanatos para o Natal

 




Olá, querido leitores, olha eu aqui de novo trazendo coisinhas para animar os nossos natais! Os biscoitos são tradicionais no Natal e aqui no blog tem muitas receitas, caso você queira fazer outra! E os artesanatos podem distrair a família toda, porque criança adora participar dessas coisas. 

Biscoitos de gengibre e mel fáceis de fazer (para o Natal)

(receita adaptada daqui)

Ingredientes

125g de manteiga sem sal

1/3 xícara de açúcar mascavo

1/4 xícara de mel

1 ovo

2 xícaras de farinha simples

1/4 xícara de farinha com fermento

1 colher de sopa de gengibre em pó

1 colher de chá de bicarbonato de sódio

½ colher de chá rasa de canela em pó

¼ de colher de chá de cravo em pó

Preparo

Pré-aqueça o forno a 180 ° C. Forre 2 assadeiras com papel manteiga.

Bata a manteiga, o açúcar e o mel em uma tigela até ficar cremoso. Adicione o ovo e bata bem. Peneire as farinhas, o gengibre e as demais especiarias e o bicarbonato juntos. Adicione-os à mistura de manteiga, combinando tudo. Vire a massa sobre uma superfície levemente enfarinhada e sove-a, levemente, até ficar homogênea. Abra a massa usando um rolo de massa (é mais fácil fazer isso colocando a massa entre dois pedaços de plástico) com 5 mm de espessura. Use cortadores para cortar, nas formas desejadas. Transfira os biscoitos para a assadeira. Asse-os por 10-12 minutos ou até dourar. Transfira os biscoitos para uma gradinha para que esfriem completamente.
Se desejar, decore os seus biscoitos com glacê real industrializado (prepare-o conforme as instruções da embalagem).


Os artesanatos do Natal de 2020

Anéis de Guardanapo

Publiquei aqui, em 2015, a dica dos aneis de guardanapo feitos a partir de rolos de papel de cozinha (usei o rolo do filme plástico). Trago a ideia novamente, para o Natal de 2020, porque acredito que ela possa ser útil para as pessoas que ainda não a viram. O legal disso é que gasta-se pouco, pode-se fazer os anéis bem ao nosso gosto, e eles até podem ser descartados depois (porque são baratinhos).



                                                        

  Ornamentos em forma de coração



Vejam que estes dois ornamentos são muito fáceis de fazer. O primeiro pode ser feito em papel firme, papelão e até mesmo num pedaço de EVA (foi o que usei). Simplesmente cortei a pauta musical (de música natalina, claro, rsrs) e a colei no coração de EVA. O 2º foi feito com um pedaço de arame e bolinhas para artesanato. Arrematei tudo com um laço e folhinhas artificiais.



Renas de Papel - 3D




Eu disse, num post recente, que há tempos vinha evitando coisas que lembrassem invernos, em meus Natais (tropicais!). A exceção que faço a isso são as renas, que considero bichos muito fofos! 
Estas, de papel, são fáceis de fazer, é só copiar o molde em papel firme e montá-lo. As minhas nem ficaram lá muito perfeitas porque eu e maridex as fizemos nuns 15 minutos. Você pode caprichar mais. E pode fazê-las em tamanhos diferentes. Usei dois moldes diferentes, que você encontrará na web com o nome de 3D Paper reindeer. Não pude trazer os moldes para cá porque não eram liberados (free-grátis).


E é só para o momento. Mas quero voltar muito em breve! 



terça-feira, 1 de dezembro de 2020

Panetone incrementado e outras dicas, no 2º Post de Natal de 2020


Olá, povo amado, bom mês de dezembro para todos!
Eu já disse aqui que gosto muito do Natal e que nessa época sou tomada por um frenesi de cozinhar, enfeitar e criar coisas para ornamentar a festa, né? Então... rsrs. Acho isso especialmente legal em casas que têm crianças, porque elas participam de tudo e se encantam com o que veem em volta. 
Mas quase sempre é preciso mais critividade e disposição do que gastos, propriamente, para fazer a diferença. Por isso eu trouxe hoje mais umas dicas e ideias, para quem quiser se inspirar!


O Panetone, comum, de chocolate, comprado no supermercado, ficou festivo (e mais rico!) com a cobertura de ganache (fácil demais de fazer, como você pode ver na receita abaixo) e as bolinhas de chocolate (chocoballs)


E a maionese foi substituída por limão, azeite de oliva, pimenta preta, sal, coentro, cebolinha e óregano, nesta salada fria de batatas, mais leve e mais tropical

Ganache (cobertura)- Ganache (para 1 panetone)
 
Ingredientes

130 g de chocolate meio amargo ralado ou bem picado
1/4 de xícara de creme de leite 

Preparo

Derreta tudo em banho-maria ou no micro-ondas (nesse caso, usando a potência média e marcando o tempo em intervalos de 35 em 35 segundos, mexendo a mistura, a cada vez, até que o chocolate esteja bem derretido). Leve a mistura à geladeira para que esfrie e comece a engrossar (aqui são necessários sós uns 15 minutos). Se endurecer demais, pingue leite quente sobre o creme e volte a misturar tudo (mas muito cuidado com a quantidade de de leite, pois, se em excesso, pode por o creme a perder).

E as embalagens
Eu estableci uma tradição, aqui no blog, de ensinar alguns trabalhinhos de artesanato, com especial ênfase nas embalagens de presentes festivas. Na foto acima, por exemplo, tratei de aproveitar materiais já existentes em casa (bolas, cordões de estrelinhas, etc.) para dar uma melhorada nas embalagens, o que fez com que elas ficassem mais divertidas e personalizadas. Para colar tudo, usei cola quente.


E é só para o momento, mas em breve estarei de volta. Um abraço para todos!



Pin It button on image hover