sábado, 29 de maio de 2021

Focaccia, o que rolou e o que deve vir por aí...

 Olá, meus amores, espero que todos estejam muito bem! 

Como sempre, estive cozinhando muito, nos últimos dias, mas, ou os pratos preparados eram os da rotina (cujas receitas já foram publicadas aqui), ou não eram lá grande coisa, como foi o caso da sobremesa de chocolate da foto abaixo, muito bonita, mas rejeitada pelos 'provadores' daqui de casa, rsrs. 

Mas teve também, claro, receitas aprovadas, como a dessa focaccia, que publico agora. 

A focaccia é um pão italiano baixo (geralmente fica com uns dois centímetros de altura), coberto quase sempre com alecrim e sal grosso.

Eu quis inovar e acrescentei tomatinhos (temperados com azeite e majericão), e azeitonas (sem e com recheios). O resultado é sempre saboroso. 



Focaccia

(receita daqui)

Ingredientes

500g de farinha para pão do tipo forte, mais um pouco para polvilhar na mesa

7g de fermento seco (para pão) de ação rápida

2 colheres de chá de sal marinho fino

5 colheres de sopa de azeite, mais um extra para untar a assadeira e também para servir

1 colher de chá de sal marinho grosso (para salpicar sobre a massa)

raminhos de alecrim fresco

acréscimo meu:

- tomatinhos temperados com azeite, sal e manjericão fresco picadinho

- azeitonas

Método

PASSO 1

Coloque a farinha em uma tigela grande . Misture o fermento em um lado da farinha e o sal fino no outro lado. Em seguida, misture tudo junto (esta separação inicial evita que o sal mate o fermento).

PASSO 2

Faça um buraco no meio da farinha e acrescente 2 colheres de sopa de azeite de oliva extra virgem e de 350 a 400ml de água morna, acrescentando aos poucos até obter uma massa levemente pegajosa (atenção! Você pode não precisar utilizar toda a água!). Polvilhe a superfície de trabalho com farinha e vire a massa sobre ela, raspando nas laterais da tigela. Sove por 5-10 minutos até que a massa fique macia e menos pegajosa. Coloque a massa em uma tigela limpa, cubra com um pano de prato e deixe fermentar por 1 hora até dobrar de tamanho (geralmente eu ponho as minhas tigelas com massas de pão dentro de um saco plástico grande e fecho o saco).

PASSO 3

Unte com azeite uma assadeira retangular rasa (25 x 35 cm). Vire a massa sobre a superfície de trabalho e estique-a para encher a forma. Cubra com um pano de prato e deixe fermentar por mais 35-45 minutos (eu abri a minha massa na própria assadeira e meti depois a assadeira dentro do saco plástico grande, para que a massa voltasse a levedar).

PASSO 4

Aqueça o forno a 200ºC ventilador / gás 7. Pressione os dedos na massa para fazer covinhas. Misture 1½ colher de sopa de azeite + 1 colher de sopa de água e o sal em flocos e regue o pão (não incluí o sal nesta mistura, salpiquei-o depois sobre o pão). Espete raminhos de alecrim nas covinhas da massa (acrescentei os tomatinhos temperados, cortados ao meio e as azeitonas)

 PASSO 5

Asse por 20 minutos até dourar. Enquanto o pão ainda está quente, regue com 1 a 2 colheres de sopa de azeite. Corte em quadradinhos e sirva quente ou frio com azeite extra, se desejar.


Como mencionei, testei a receita da sobremesa de chocolate da foto abaixo, que vi num vídeo estrangeiro. Ela leva ágar ágar, que é a substância que lhe dá consistência. Mas o pessoal cá de casa não gostou do sabor desta iguaria (fiquei pensando que talvez eu possa ajustar a receita ao nosso paladar, mas vou decidir depois se faço mesmo isso).



No mais, li o livro O Natimorto, do Lourenço Mutarelli, que me foi passado por minha filha Lili, que o leu e gostou. 
O texto é igual ao de uma peça de teatro, e gira em torno da conversa entre um agente artístico e a cantora que ele descobriu e tenciona lançar. Ambos os personagens são fumantes e comentam o tempo todo sobre as fotos de advertência, que vêm impressas nos maços de cigarro, sendo uma delas a de uma criança natimorta.


                                          

Bom, estamos praticamente às vésperas do mês de junho, mês das festas juninas e do dia dos namorados. Eu sempre gosto de postar sobre esses dois assuntos e devo fazer isso em breve. Para provocar um gostinho em vocês, publico agora  estas imagens de dias dos namorados de anos passados. 

          cubinhos de açúcar? Não, corações de açúcar! (veja como fazê-los aqui
          
                E mesas para o dia dos namorados? Já publiquei muitas, como as duas das fotos abaixo!



Enfim, não percam os próximos posts! Até lá!


13 comentários:

Prata da casa disse...

Olá Marly: adoro focaccia e a tua ficou bem bonita e colorida com a adição do tamate cereja. Costumo fazer apenas com azeitonas e oregãos, mais ao gosto cá de casa.
A sobremesa de chocolate ficou muito linda. Pena "o povo" não ter apreciado.
As mesas estão, como sempre, encantadoras.
Bjn
Márcia

Heloísa Sérvulo da Cunha disse...

Marly,
Essa focaccia está ultra apetitosa, alêm de bonita.
Ontem fiz um doce com agar agar comprado a granel e também não fui bem sucedida. Em outras ocasiões usei uma embalagem com pequena quantidade, e o resultado sempre foi bom.
Acho que a procedência do produto é importante, e vou dispensar esse a granel.

- R y k @ r d o - disse...

Penso que nunca comi focaccia. Pelo aspeto imagino ser um pão delicioso.
Acredito que essa sobremesa de chocolate seja mesmo uma delícia.
.
Um domingo feliz … abraço
.
Pensamentos e Devaneios Poéticos
.

CÉU disse...

Olá, querida Marly!

Eu estou bem, obrigada. Espero que vocês se encontrem de saúde e felizes.
Por aqui, estamos tendendo para a "normalidade", embora com os devidos cuidados.

Então, nem tudo o que tu cozinhas, "rola", né? Isso acontece em qualquer lar.

Nunca comi focaccia, nem creio que seja hábito alimentar entre nós, Portugueses, mas me parece um pão muito saboroso e trabalhoso de fazer pra quem não sabe cozinhar "coisas" complexas, como é o meu caso.

Pois, as festas juninas estão pertinho e vocês se divertem imenso. Nós, também, em junho, celebramos o Sto. António, padroeiro de Lisboa, o S. João e o S. Pedro.
O dia dos Namorados aqui já se comemorou. Foi a 14 de fevereiro, mas o amor cabe em qualquer data.

Beijos e um domingo feliz.

Denise disse...

Amiga, estava inspirada esta semana, hein? Quanta coisa gostosa e linda!
A foccacia ficou linda com os tomatinhos! O doce bem interessante!
A leitura, sempre uma boa pedida! E as fotos do dia dos namorados, lindas! Amei a visita!
Grande abraço e ótima semana!
http://dedeartes-denise.blogspot.com

Adelaide Araçai disse...

Marly eu amo foccaccia, confesso que não faço tão decorada como a sua (prometo corrigir isso) mas odeio a volatilidade da receita, aqui as vezes faço no sábado a tarde e não dá tempo de esfriar ela simplesmente desaparece. Agora receitas com agar agar não sei se é falta de habito de consumo mas nós não conseguimos encontrar uma que agradasse a familia,
Já estou ansiosa pelo post do dia dos namorados...uhu

Muita Luz e Paz!
Abraços

A Paixão da Isa disse...

adoro so fiz uma vez mas gosto muito de comer tenho uma amiga que faz muito bem a tua esta 5 * assim como o teu post lindas fotos bjs saude

Dalva Rodrigues disse...

Marly, fiquei encantada quando vi essa foto dessa focaccia, tá linda demais, que vontade dá, ainda vou fazer!!
Caramba, esta sobremesa de chocolate pode até não ser gostosa, mas se encontrar algo com essa aparência, com certeza compraria, está muito apetitosa.
Todas fotos estão lindas, de muito bom gosto como sempre!
Abração!

Vanessa disse...

Oi Marly, tudo bem?
Para começar eu fiquei apaixonada pelo primeiro prato, nunca fiz focaccia. Amei o visual e vou testar aqui em casa pois é algo que nunca comi rs
Já os cubinhos de açúcar me deixou apaixonada já quero fazer aqui também, acho que todo mundo vai amar.
Desejo que o mês de junho seja ótimo para todas nós.
Beijos.



https://www.parafraseandocomvanessa.com.br/

Pedrita disse...

minha mãe gostava de fazer focaccia. quero ler esse livro. acho que tem um filme que vi e gostei muito. ah, vi o filme sim https://mataharie007.blogspot.com/2016/12/natimorto.html
beijos, pedrita

As Mulheres 4estacoes disse...

Olá, Marly!

Sua focaccia está com ótimo aspecto. Adoro festa junina e as comidas típicas dessa época, cubinhos de açúcar nunca experimentei.

Um abraço,

Sônia

Jussara Neves Rezende disse...

Oi, Marly! Suas mesas são sempre lindas!
Fiz focaccia apenas uma vez... e coloquei tomatinhos! Além, é claro, do alecrim fresco e do sal... Lembro-me de ter gostado do resultado, mas me mudei e o meu lindo pé de alecrim ficou na casa antiga, o que deve ter me desanimado de repetir a receita...
Ainda não li o autor que você indicou... Você gostou?
Abraço,
Jussara

Chris Ferreira disse...

OI Marly, a foccacia ficou maravilhosa. Esses tomatinhos temperados devem ter dado um sabor todo especial.
A sobremesa ficou linda. Eu uso o agar-agar para substituir a gelatina já que a minha filha é vegana. Mas aqui já acostumamos com o sabor.
Fiquei com vontade de ler o livro.
As imagens do Dia dos Namorados são encantadoras e de muito bom gosto como sempre.
Um ótimo final de semana.
beijos
Chris


Inventando com a Mamãe / Instagram  / Facebook / Pinterest

Pin It button on image hover